Dá-lhe, Dilma!

Publicado em 7 de maio de 2008

Eu menti muito, senador, na época da ditadura. Menti para salvar vidas e não delatar meus companheiros. Eu me orgulho muito de ter mentido na tortura, senador” (Dilma Rousseff, Casa Civil, respondendo ao senador Agripino Maia (DEM-RN).

José Agripino Maia, coronel da política potiguar, surfando como uma das vozes morais do Congresso Nacional.

Para presidente, Dilma!