Da escola para a avenida

Publicado em 2 de setembro de 2011

 

 

Professora Evilângela é quem está cuidando carinhosamente da formatação do pelotão que simbolizará forma de agradecimento ao que a iniciativa privada vem fazendo pela saúde pública e a educação de crianças.

O pelotão renderá homenagens ao programa “Unimed vai à Escola”, projeto social da Unimed Sul do Pará que desde 2007 atende mais de três mil crianças em escolas da zona rural de Marabá.

Ao todo, são cinco escolas contempladas com o programa, nas localidades de Vila São José, Vila Canaã-Sororó, Murumuru, Acampamento 26 de Março e Vila Café, com tratamento odontológico, informações educativas sobre prevenção em saúde bucal, distribuição de kit escolares.

Grupo técnico do “Unimed vai à Escola” que desenvolve o programa é formado por uma odontóloga, uma psicóloga, assistente social e uma atendente

De 2007 até hoje, a incidência de cárie nas crianças de faixa etária de 7 aos 14 anos praticamente zerou, conforme o último levantamento epidemiológico das crianças atingidas pelo projeto.

E professora Evilângela (foto abaixo), da Vila São José, capricha nos ensaios de desfile escolar do 7 de setembro, que na sua comunidade ocorrerá neste domingo, dia 5, às 16 horas.

 

O pelotão “Unimed vai à Escola” simboliza conquistas e satisfação pelo dever cumprido, conforme conta a jovem professora, em conversa com o poster,

Como ela mesmo diz, “os alunos se conscientizaram de um dever mínimo para a conservação da saúde bucal, cumprindo, na escola e em casa, a obrigação de escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia”.

Vila São José fica a 8 km de Marabá, e é um lugarejo cercado por dois grandes projetos minerários: Alpa e Buritirama.

 

Jovens até 14 anos participantes do programa Unimed vai à Escola, no entorno da diretora Evilângela.

 

 

Crianças e professora trabalhando cenários para homenagear a Unimed Sul do Pará, durante desfile de domingo, na Vila São José.