Hiroshi Bogéa On line

Cuide de um animal de rua: campanha de doação de garrafas pets é lançada em Marabá

A campanha “EcoPet” está nas ruas objetivando  recolher na cidade pets descartáveis.

Receber garrafas pets e depois revende-las para reciclagem,  esse o roteiro da campanha  “EcoPet”.

É um projeto idealizado por acadêmicos do curso de Medicina Veterinária da Faculdade Pitágoras, em Marabá, que valoriza a coleta de pets descartáveis, uma vez que eles serão utilizados por voluntários de protetores independentes de animais.

A verba arrecadada com a venda dos pets recolhidos  está sendo destinada  ao custeio  das despesas médicas, alimentação e manutenção de abrigos de animais abandonados que são recolhidos das ruas de Marabá.

O projeto está sendo encampado pela população, sensibilizada com a ideia

Uma das coordenadoras da campanha “EcoPet” , Suely Cordeiro(foto), militante das causas pela vida sadia dos animais, revela que a equipe envolvida no projeto  está tendo apoio de muitas pessoas e até entidades para a coleta dos pets.

Um dos pontos de coleta é na própria Faculdade Piágoras.

Quem quiser fazer parte da campanha e tenha garrafas pets para doar, basta entrar em contato com a coordenação.

O telefone está no final desta reportagem.

A campanha, além de ajudar a cuidar dos animais de rua, contribui para tirar de circulação as embalagens plásticas, responsáveis pela poluição do meio ambiente.

Suely Cordeiro explica:

 

– “É um projeto que vem na linha de reciclagem pra gente arrecadar, com a venda dos recipientes, valores que serão destinados à recuperação dos animais de rua que serão levados às clínicas. Olhando pelo lado da comunidade, o lixo que a gente vê nas ruas da cidade descartado de forma totalmente errada pode ser útil nessa missão de cuidar dos animais de rua, basta para isso que as pessoas recolham o que puderem de recipientes de plásticos e nos  encaminhem que sabermos como utilizá-los de forma positiva”.

 

Quem quiser colaborar é só entrar em contato pelo fone 94 98121-0078/falar com Suely Cordeiro.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *