Hiroshi Bogéa On line

Covid-19: Prefeito de Santarém decreta estado de calamidade pública

O prefeito Nélio Aguiar decretou estado de calamidade pública no município de Santarém em razão da pandemia do novo coronavírus.

O decreto foi assinado nesta quarta-feira (29).

A situação de calamidade pública vai ficar em vigor até dia 31 de dezembro de 2020.

O prefeito ressaltou que as medidas de prevenção ao coronavírus se estenderá até o dia 15 de maio.

“Continuam em vigor as atuais medidas de prevenção e de proteção da população como uso obrigatório de máscara e toque de recolher, vamos divulgar também ainda hoje a prorrogação dessas medidas em novo decreto que se estenderá até o próximo dia 15 de maio”, disse o prefeito Nélio Aguiar.

Para decretar o estado de calamidade pública, o prefeito municipal considerou a emergência em saúde pública e a importância nacional declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e a necessidade de realizar medidas administrativas extraordinárias no regular andamento da administração pública municipal.

O município deve garantir a prestação de serviços públicos essenciais à sociedade e impor medidas para auxiliar na diminuição na curva de crescimento da pandemia.
“O momento é de seriedade e de tomada de decisões urgentes. Não vamos entrar pânico. Precisamos de ajuda para combater o avanço da covid-19. A obediência às medidas de prevenção adotadas pelo município continua sendo de extrema importância”, disse o prefeito Nélio Aguiar.

De acordo com o último boletim epidemiológico da covid-19, divulgado na terça-feira (28), o município de Santarém tem 70 casos confirmados, 17 pessoas recuperadas, 06 óbitos, 75 resultados negativos, 51 análises e 547 notificados/monitorados.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *