Hiroshi Bogéa On line

Cosipar se manifesta

Assessoria de Comunicação da Cosipar enviou ao blog o seguinte e-mail:

Sobre a reportagem veiculada pelo site ‘Congresso em Foco’, a Companhia Siderúrgica do Pará (Cosipar) tem o dever de esclarecer que:

1) Todas as doações de campanha feitas pela Cosipar nas eleições de 2006 cumpriram a legislação vigente e estão registradas nos órgãos competentes;

2) A Cosipar é comprometida com o combate ao trabalho degradante e/ou trabalho escravo, inclusive dispõe de auditores da Empresa para fiscalizar as operações de seus fornecedores;

3) A Cosipar, através da Associação das Siderúrgicas de Carajás (Asica), é signatária da Carta Compromisso pelo Fim do Trabalho Escravo na Produção de Carvão Vegetal e pela Dignificação, Formalização e Modernização do Trabalho na Cadeia Produtiva do Setor Siderúrgico. A carta é fruto da ação da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e Instituto ETHOS;

4) A Cosipar é associada ao Instituto Carvão Cidadão (ICC) que tem como objetivo orientar, auxiliar e fiscalizar todas as atividades relacionadas com a cadeia produtiva do carvão vegetal com vistas ao cumprimento da legislação trabalhista.

O Grupo COSIPAR reafirma que está compromissado com as autoridades federais, estaduais, municipais e órgãos não governamentais na implementação de políticas que assegurem a sustentabilidade ambiental e social da empresa.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *