Hiroshi Bogéa On line

Cosipar nega crise em Barcarena

Sem entrar em detalhes a respeito do conteúdo mais significativo da nota publicada na coluna de ontem do Diário do Pará (erro de projeto do alto-forno), a assessoria de comunicação do Grupo Cosipar enviou e-mail com a seguinte manifestação:

Algumas considerações sobre a nota publicada na sua coluna do Diário do Pará desta sexta-feira (02):
Em virtude do término da obra do Alto Forno 2, foram desligadas 68 pessoas da Usina Siderúrgica do Pará (Usipar), localizada em Barcarena.
Os dois fornos da Usina estão funcionando normalmente. Um deles está com a pressão reduzida porque um equipamento periférico está passando por manutenção. Ele deve voltar a operar com 100% de sua capacidade no próximo dia 08 de novembro.

O Grupo Cosipar reafirma o compromisso com o desenvolvimento sustentável das suas atividades e com o cumprimento das normas e legislações estabelecidas pelos órgãos federais, estaduais e municipais.

O colunista Hiroshi Bogéa ratifica o conteúdo da nota publicada no Diário do Pará, apesar dos esforços do Grupo Cosipar em abafar os problemas ocorridos em Barcarena.


Observação:
o grifo na nota da AC é do blog.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *