Corrupção na Polícia Federal: agente em Santarém recebia propina de garimpeiros

Publicado em 16 de dezembro de 2020

O delegado da Polícia Federal  Alexandro Cristian dos Santos Dutra , preso em Santarém, estaria envolvido em esquema de corrupção, agendado por uma organização de garimpeiros.

Pelo menos R$ 150 mil o PF já teria embolsado de garimpeiros sediados em Itaituba.

A grana repassada ao policial tinha objetivo de usá-lo como informante das ações das autoridades em batidas realizadas nos garimpos ilegais da região do Tapajós.

A prisão de Alexandro ocorreu nesta terça-feira, 15, em Santarém, numa operação da própria Polícia Federal denominada  “Fools Gold”.