Hiroshi Bogéa On line

Correndo para o Tocantins

O Rio Preto é afluente do Tocantins. Em território goiano, a beleza de cachoeiras como esta transforma sua extensão num paradisíaco mundo de fortes emoções.No sudeste do Pará, precisamente no município de Curionópolis, existem quedas d’águas ainda não exploradas pela indústria do turismo. A mão de Deus presente neste chão.
Post de 

3 Comentários

  1. Anonymous

    5 de março de 2007 - 23:08 - 23:08
    Reply

    Prezado Hiroshi Bogea, não é apenas em Curionópolis onde se encontram cachoeiras inexploradas. Aqui no municipio de São Geraldo também existem quedas dáguas belíssimas. Pena que os prefeitos são insensiveis e nao sabem explorar essas riquezas naturais.
    Agenor Cabral

  2. hiroshi

    5 de março de 2007 - 22:50 - 22:50
    Reply

    Rsrsrssr (rindo demais)
    E tu sabes que coloquei esse aí sem tá la muito afim de fazê-lo?! Mas depois que vi o resultado, até gostei também. No entanto, como não sou agravatado, prefiro sem ele, com certeza depois das 17:30, na beira rio, lá num barzinho descoberto na Santa Rosa. Até pacú-mantega, coisa rara se ver por aqui (depois da barragem sumiram todos)andei esfregando numa pimenta malagueta. Um olho no peixe e outro no gato.
    Estou te esperando, parceiro.

  3. Juvencio de Arruda

    5 de março de 2007 - 19:06 - 19:06
    Reply

    Hiroshi, voce está deveras elegante neste terno muito bem cortado.
    Se estiver precisando de um secretário particular, carregador de pastas,moto boy, contínuo de serviços bancários e outros que tais, pode chamar o amigo aqui.
    Que faz companhia, inclusive, na beira do rio após as 17:30.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *