Corpos estranhos

O que fazem circulando por Redenção, Parauapebas e Marabá -, seis agentes da ABIN?