Hiroshi Bogéa On line

Corneteiros de ocasião

Perceberam que somente as viúvas dos tempos tucanos aventaram no país a possibilidade de impeachment da governadora Ana Júlia Carepa?

Um jornal de Belém, o senador Mário Couto – fez novo pronunciamnto agora à tarde estimulando a tese do impedimento -, e (ora, só podia ser ela!) Lúcia Hippolito – a sempre ardorosa defensora das teses neo-liberal de FHC. Ao lado de Eliane Castanheda.

Post de 

13 Comentários

  1. Mero Espectador

    1 de dezembro de 2007 - 02:35 - 2:35
    Reply

    Hiro,
    Não te falei que iamos ter surpresas nas agências.tanto as que ficaram de fora como as que entraram.Não dava pra detalhar,entendes né!
    Abs
    Mero.

  2. Anonymous

    30 de novembro de 2007 - 18:54 - 18:54
    Reply

    Até os analfabetos do PT aprenderam…

  3. Val-André Mutran

    30 de novembro de 2007 - 02:02 - 2:02
    Reply

    Roubam no exercício da função? Anônimo das 5:47 PM.

    Você mora na Terra ou em Marte?

    Há 40 anos o STF não condena um ladrão no exercício da função.

    É por isso que eles fizeram Escola com direito a pós pós doutourado.

    O Brasil hoje tem proficiência nessa matéria.

    Now-how prá vender para qualquer país.

    A tunga da escumalha chega a 3% do PIB para o seu governo.

    Cria-se sete Estados do Carajás e ainda sobre para dar uma volta em Londres e Paris no A-380 de primeira classe.

  4. Val-André Mutran

    30 de novembro de 2007 - 01:58 - 1:58
    Reply

    É tão apelativo que nem citei no meu blog essas duas tucanas-mor do jornalismo da chamada grande imprensa que, data vênia, de Pará e Amazônia não entendem um palmo à frente de seus maquiados e perfumados narizes.

  5. Anonymous

    29 de novembro de 2007 - 23:59 - 23:59
    Reply

    Equivoca-se nobre poster. O voto garante a eleição, mas não a permanencia no cargo de quem não tem condições tecnico-morais de exercer o munus de gestor público.

    A título de exemplo, cito o artigo 20 da lei 8429.

    LEIA E VEJA.

  6. Hiroshi Bogéa

    29 de novembro de 2007 - 21:11 - 21:11
    Reply

    Paraense, cacete, você tem razão. Escrevi errado o nome da Eliane. E não gosto de cometer esses erros, principalmente em nome próprio. Isso é desrespeito e falta de profissionalismo, parceiro.
    Desculpem.

  7. Hiroshi Bogéa

    29 de novembro de 2007 - 21:08 - 21:08
    Reply

    Será, Mero?!
    Bem, partindo de você, a observação, não duvido, não!
    Abs

  8. Hiroshi Bogéa

    29 de novembro de 2007 - 21:07 - 21:07
    Reply

    7:54 PM, quem apela para pedir impeachment de um governante eleito pelo voto popular, defende interesses exclusvos pessoais ou sofre desvio de conduta democrática. Eleito elas urnas, só as urnas deve tirá-lo – em regimes onde a democracia orienta os passos de uma Nação.
    Golpismo, aqui, não, maracutica!

  9. Anonymous

    29 de novembro de 2007 - 15:11 - 15:11
    Reply

    Hiroshi

    Somente a t�tulo de repara�o, o nome da articulista da Folha � Eliane Catanhede.
    Um grande abra�o e parab�ns novamente pelo seu blog, cada dia melhor.

    Ant�nio Paraense

  10. Anonymous

    29 de novembro de 2007 - 12:56 - 12:56
    Reply

    Essa exceção não está sendo respeitada!

    Contudo essa tucanalha é mesmo muito cínica. Eles não se tocam que só fortalecem os petralhas quando falam de “impeachment”!

    No fundo os tucanos e os petistas são os irmãos “metralhas”.

    À incompetência petista tem abrigo na “herança maldita” dos tucanos, como tem, podem fazerem o que quiserem, aos olhos do povo pouco importa, afinal, está tudo como antes em termos de incompetência e corrupção, porém com uma significativa melhora na parte social. Como os tucanos dizem que foram eles que deixaram tudo pronto, então a gente conclui que realmente trata-se de uma irmandade (PT = PSDB).

  11. Mero Espectador

    29 de novembro de 2007 - 03:09 - 3:09
    Reply

    É de se estranhar na nota do Seventy que defendeu a governadora do impeachment.Acho que querem aproximação…

  12. Anonymous

    28 de novembro de 2007 - 22:54 - 22:54
    Reply

    Sim meu caro-inocente, você esperava que Petistas pedissem isto?????

  13. Anonymous

    28 de novembro de 2007 - 20:47 - 20:47
    Reply

    Esse pessoal deveria entender que o mandato de um governante só pode ser tirado pelo voto popular – à exceção daqueles que roubam no exercício da função.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *