Hiroshi Bogéa On line

Corando bordéis

 

 

Não é só nos dois maiores  jornais do Pará que a indelicadeza corre solta em colunas e linhas editoriais. Alguns doutos advogados paraenses gostam também de bater do estômago pra baixo.

O linguajar usado em cartas falsas e afins faz corar o mais autêntico dos prostíbulos em noites de bebedeiras.

Quer saber?

Vai aqui.

Post de 

1 Comentário

  1. Karla Maues

    7 de outubro de 2011 - 14:31 - 14:31
    Reply

    Mas esses covardes que se escondem atras de nossos nomes, fingindo-se passar por nós, nada mais são do que amebas. Nem da mãe devem saber o nome ! Foram curpidos sei la de onde!
    Não servem nem pra assumir sua propria identidade.
    Destratar um advogado do porte do Dr. Sergio Couuto, só pode ser no minimo, um ser desprovido de qualquer criterio de moralidade e bons costumes.
    Mas em nossa sociedade temos que conviver com essas distorções. E lembrem-se sempre que estamos no Brasil , e as leis sao escritas voces sabem bem quem são.
    Fiquem em paz e Bom CIRIO para os paraenses sortudos!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *