Hiroshi Bogéa On line

Conversas & vetos

Vereador Maurino Magalhães (PR), líder nas pesquisas para a prefeitura de Marabá, comunicou ao deputado João Salame (PPS) que não assumirá nenhum acordo de coligação com o PT sem conversar antes com ele. Como este blogger antecipou, o PR e o Partido dos Trabalhadores fecharam compromisso pelo qual quem estiver melhor situado nas pesquisas, em 2008, será o candidato a prefeito.
Maurino tem deixado claro que de todas as pré-candidaturas conhecidas ele só não concorda em sentar-se para conversar com o deputado federal Asdrúbal Bentes (PMDB), apontado por ele como “intransigente” na negociação da cabeça de chapa.

Post de 

8 Comentários

  1. Anonymous

    5 de agosto de 2007 - 18:38 - 18:38
    Reply

    Não sei porque tanto medo do novo. Acho Salame um bom nome. Entendo que ele está começando e que seria um tanto precipitado lançar sobre ele qualquer veredito. Um abraço a todos que tem a liberdade de concordar e discordar. Isso nos faz sentir livres.

  2. Anonymous

    5 de agosto de 2007 - 02:59 - 2:59
    Reply

    Recomendo aos marabaenses ter bastante cautela na hora de escolher seu futuro pefeito, prinsipalmente em relação a Bernadete e seu Esposo, são maquiavélicos, perigosos e inconsequentes.

    CUIDADO!

  3. hiroshi

    5 de agosto de 2007 - 00:17 - 0:17
    Reply

    Anônimo 10:34 PM, rsrsrsrsrssr
    hehehehehe

  4. Anonymous

    4 de agosto de 2007 - 01:34 - 1:34
    Reply

    O HIROSHY PARECE QUE JA ESTÁ FAZENDO A CAMPANHA ELEITORAL DO JOAO SALAME..rsrsrsrsr

  5. hiroshi

    4 de agosto de 2007 - 00:50 - 0:50
    Reply

    Querido deputado, agradeço suas respostas educadas aos comentaristas. Esse seu estilo democrático eu conheço e contemplo por onde passo.
    Bom demais saber que esteve no culto ecumênico do Lauande, enriquecido pelos amigos dele, protegido pela aura dos cânticos belos que o prepararam espiritualmente para enfrentar a luta diária que tanto fez de Eduardo símbolo da democracia, temperado por esse jeito gostoso das liberdades socialistas.
    Enquanto você concentrava energias na Casa de Deus (não sei se tens um, mas eu tenho vários), embalando Lauande, eu bebia. Chego agora aqui com ar de gente grande e alma de menino sonhador. Sei lá, não sei parar de sonhar, com essa idade de quase terceira idade.
    Como estou meio bêbado, vou dormir, senão choro e desabo.
    Um abraço, cara.
    Beijos na Bia e nas filhas lindas.
    Com carinho.

  6. João Salame

    4 de agosto de 2007 - 00:23 - 0:23
    Reply

    Meu caro Laranjeiras. Cuidado com a arrogância. Se o Maurino lidera as pesquisas é porque tem alguma qualidade admirada pela população, em especial pelos seus setores mais carentes. Quanto a mim,não sei o motivo da sua ira. Fique tranquilo que seguirei em frente. Sobre as eleições repito: a briga de segunda não se briga no domingo.

    Quanto ao nosso anônimo quero esclarecer que não disse a ninguém que daria um “esporro” no Luiz Carlos. O Hiroshy relatou o que aconteceu na reunião com empresários. Realmente, se não fosse chamado para compor a mesa, eu, a Bernadete, a Tetê ou qualquer outro deputado reagiria, pois fomos eleitos para representar a sociedade. Com firmeza, mas com educação, como é meu estilo. Não acredito que o Luiz Carlos levaria até o fim esta manifestação de intolerência, que não é apropriada para quem deseja ser o prefeito de todos os marabaenses. Prevaleceu o bom senso.

    Mas o que eu quero mesmo, Hiroshy, é dizer que acabei de chegar do culto ecumênico em homenagem ao nosso grande Eduardo Launde, estupidamente assassinado semana passada. Foi na Igreja Anglicana do Brasil, em Belém. Lindo.
    Os bispos e reverendos, homens e mulheres, foram muito felizes em suas pregações. Lotada, a Igreja viu ecoar músicas de João Bosco, Chico Buarque e Titãs, além de poemas de Fernando Pessoa. Bem ao estilo do Laaunde.
    Políticos dos mais variados matizes da esquerda, como Arnaldo Jordy (PPS), Araceli Lemos (PSol), Edilza Fontes (PT), intelectuais como Tito Barata e José Alencar, entre outras lideranças, marcaram presença. Num clima de tolerância, como gostava o Launde. Aliás, um militante que sempre combateu com toda a sua energia a intolerância que grassa na esquerda, tão caracterizada na nota inicial desse post e seus comentários.
    Launde vive, Viva Launde!

    Deputado João Salame

  7. Anonymous

    3 de agosto de 2007 - 18:12 - 18:12
    Reply

    O Salame disse que iria dar uma pitada no Luiz Carlos se ele não o convidasse para a mesa da palestra que os secretários de Ana Julia realizaram em Belém, conforme está na sua coluna do Diário do Pará. Com que moral ele iria chamar a atençào do Luiz? Quem é o Joao Salame para se achar no direito de peitar um cidadão?

  8. Anonymous

    3 de agosto de 2007 - 17:34 - 17:34
    Reply

    Maurino Magalhães e Joao Salame…Marabá não merece dose pesada maior do que essa…
    Luiz Carlos para Prefeito ou Bernadete!
    Chico da Laranjeiras

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *