Hiroshi Bogéa On line

Contratos vencidos de agentes endêmicos preocupam

 

O blog recebeu emeio de Wagner Tavares criticando a prefeitura de Marabá a respeito do desligamento  do quadro de agentes endêmicos.

A seguir, a íntegra da mensagem do leitor:

 

Querido Hiroshi Bogéa,sempre falo de ti em diversos lugares onde palestro e quando citam algo sobre nossa cidade digo em resumo que é uma cidade que cresce em virtude de pessoas como você que trabalham em prol da comunidade sem medir esforços;Infelizmente não sei o que esta acontecendo pois devido as atividades aqui realizadas em Belém não tenho tido tempo para esmiuçar as informações,fato que tem acontecido algumas demissões e até que justificadas(tendo como base o percentual alto na folha de pagamento dentre outros),no entanto a demissão  dos Agentes de Endemias,profissionais que Vistoriam  residências, depósitos, terrenos baldios e estabelecimentos comerciais para buscar focos endêmicos. Inspeção cuidadosa de caixas d’água, calhas e telhados. Aplicação de larvicidas e inseticidas. Orientações quanto à prevenção e tratamento de doenças infecciosas. Recenseamento de animais. Essas atividades são fundamentais para prevenir e controlar doenças como dengue, chagas, leishmaniose e malária e fazem parte das atribuições de um trabalhador de nível médio que teve suas atividades regulamentadas em 2006, sendo assim cerca  60 profissionais que foram treinados,Capacitados e que agora estão “desligados” e como consequência disto teremos Altos Índices de dengue, pergunto quem ira proteger nossa grande e maravilhosa cidade deste contagio avassalador ? leve isto para nossas autoridade em Marabá.

 

Nota do blog:  em verdade, a prefeitura não demitiu nenhum agente.

O desligamento dos agentes foi automático, visto que seus contratos venceram em 30 de dezembro 2013.

Nesta terça-feira, 7, o prefeito de Marabá discutiu o problema com seus assessores e já determinou o envio de projeto de lei à Câmara Municipal solicitando autorização para a recontratação dos mesmos.

Outra determinação de João Salame foi que até agosto deste ano acabará com a farra de contratações, realizando Concurso Público para o preenchimento de cargos.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *