Hiroshi Bogéa On line

Contra a violência

Criar a Secretaria Municipal de Segurança Pública, como anunciou Maurino Magalhães, ontem, em entrevista à imprensa de Marabá, não resolverá o problema da violência.. O município não tem recursos para manter uma estrutura de segurança pública nos moldes de uma secretaria.

Aliar-se aos órgãos do Estado, numa parceria de contrapartida, é mais factível do que o desassombro da proposta.

Pode dar com os burros n’água.

Post de 

4 Comentários

  1. Anonymous

    9 de outubro de 2008 - 20:54 - 20:54
    Reply

    A segurança pública é um assunto predominante em toda a sociedade.A preocupação unânime se justifica, estamos em estado de pânico, perdemos o sossego e a tranquilidade. Quem ainda não vivenciou uma situação de extremo terror, já teve alguem de sua família, um amigo ou um vizinho que foi vítima de bandidos. E o pior, é que na sua grande maioria sequer se registra um boletim de ocorrência. Não se confia mais na polícia… não se confia mais no judiciário… Enfim não se confia mais nas instituições.
    Criar a secretaria de segurança pública municipal, poderá ser um grande equívoco e que resultará em enormes problemas para o nosso gestor.
    É louvável que o Maurino se preocupe com a situação e procure soluções para minimizar a fragilidade de nossa segurança, más
    não é muito simples.
    Imagine o preparo que terá a guarda municipal? E o custo financeiro?
    Além do mais, segurança pública é uma atribuição do Estado, e dele temos que exigir providências. Aí é que a ingerência dos políticos se faz necessário.
    Minha sugestão é que se invista em projetos sociais sérios, principalmente voltados para a criança e o adolescente. O esporte é um canal atrativo e importante. Centros de treinamento com diversas modalidades esportivas, agregado com ensino fundamental e médio e sem esquecer uma alimentação sadia. Certamente que os resultados seriam profícuos.
    A Educação é uma ferramenta que tem que ser melhor usada. Precisamos rever a qualificação de nossos mestres, pois eles também estão carentes de preparo acadêmico. Conheço jóvens que concluiram o ensino médio que não passariam em exames básicos de conhecimento.
    Temos muito o que melhorar.

    El Cid

  2. Anonymous

    9 de outubro de 2008 - 12:08 - 12:08
    Reply

    Santa paciência!!!

    Marabá é um MUNICÍPIO para quem ainda não sabe, e segurança pública não é de competência de municípios, o que o prefeitículo deveria expor é seu plano de políticas públicas na área social que influenciem na diminuição da violência.

    Mas é assim mesmo, quanto menos qualificado é o gestor e sua trupe, mas poderosos acham que são!!!

    “Cada povo tem o governo que merece”, Joseph De Maistre (1753-1821)

  3. Anonymous

    8 de outubro de 2008 - 11:14 - 11:14
    Reply

    ENTÃO CARO HIROSHI VAMOS FORTALECER O ESTADO, A POLICIA DESPREPARADA. CORRUPTA E DESAPARELHADA. É ISTO. FAÇA ME O FAVOR. TOH CANSADO DE DAR COCA-COLA NAS BARREIRAS.
    ALÉM DISTO ACHO SIM QUE MARABÁ TEM CONDIÇÕES DE TER UMA SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA.
    IMAGINO QUE O SR AINDA NEM SABE O EFETIVO DO ESTADO EM MARABÁ E REGIAO DA PM.
    MARABÁ TEM RECURSOS PARA PAVIMENTAR A CIDADE VELHA E OUTROS BAIRROS SEM ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA COM RECURSOS PRÓPRIOS.
    A ARRECADAÇÃO É MILIONÁRIA. QUEM ESTÁ LÁ DENTRO SABE DISTO.
    PERGUNTE AO PEDRINHO DA FINANÇAS.

  4. Anonymous

    8 de outubro de 2008 - 00:08 - 0:08
    Reply

    Hiroshy,
    entendo que o novo Prefeito, em vez de Secretaria Municipal de Segurança Pública, tem é que criar Politicas Públicas Sociais, que combata as causas do Crime, ou seja a Prevenção.,

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *