Hiroshi Bogéa On line

Contra a bandidagem

De Paulo Francis, direto de Tucumã:

A campanha política em Tucumã começa a dá sinais de que não será tranqüila para o ex-prefeito Celso Lopes Cardoso (PDT) que prega aos quatro ventos que será o próximo prefeito do município. O candidato do PDT a prefeitura em Tucumã já se defronta com um grave problema, a extinção da Comissão Provisória do Partido Social Cristão (PSC) em Tucumã que havia indicado o comerciante Larmatine Rossalves (PSC) como vice-prefeito em sua chapa.

A direção estadual do PSC através de seus diretores por decisão unânime decidiu dissolver a comissão provisória do PSC em Tucumã, por não aceitarem a coligação entre a sigla do PSC e o ex-prefeito Celso Lopes do Partido Democrático Trabalhista o (PDT) em Tucumã.
O presidente regional do PSC, Nelito Lopes, citou a reportagem por telefone que o PSC não pode caminhar junto com um candidato que responde a processos na justiça, inclusive a um processo criminal onde o candidato do PDT é apontado pela justiça como o mandante da morte do vereador Adão Lote (PSB). “O PSC defende a vida o ser humano não podemos está coligado com um candidato que tem toda esta historia de processos e não aceitamos ofertas de espécie alguma e nenhuma quantidade de dinheiro fará o PSC rever está decisão, defendemos a pessoa, a vida do ser humano seria um contra senso estamos juntos com um cidadão que possui todos estes problemas com a justiça e tem a fama de ditador em Tucumã.”
O presidente regional do PSC ainda afirmou que a direção estadual da sigla não havia sido consultada sobre a coligação com o PDT e mesmo que tivesse sido consultada tomariam a mesma decisão de não aceitarem a união com o referido candidato, não pela sua pessoa, mas pelo seu histórico problema com a justiça.
Com a saída do PSC da coligação do PDT em Tucumã o vereador José Gonçalves da Cruz “Zé dos Signus” do Partido Popular Socialista (PPS), poderá ser o novo candidato à vice-prefeito na chapa majoritária do ex-prefeito Celso Lopes (PDT).

Nota do Blog: impressionante como a Justiça brasileira permite a facínoras da dimensão de Celso Lopes o direito de pedir votos para dirigir um município da importância de Tucumã.

A impunidade, sorrindo serelepe, com o aval do judiciário verde-amarelo.
Post de 

4 Comentários

  1. Anonymous

    14 de setembro de 2008 - 05:00 - 5:00
    Reply

    Eu pergunto aos cidadãos de Tucumã : Sabendo que o Sr. Celso Lopes, sendo apontado pela Justiça Brasileira, como criminoso de fato, ele terá ( em percentual ) votos que o elejam em Tucumã ? Como estão os outrosd candidatos ? Não impetrarao na justiça a candidatura dele não ? Se ele tem uma passado tão sujo, porque é corrupto, não seria o caso de uma decisão unanime pela cassação dos direitos políticos ?

  2. Anonymous

    3 de setembro de 2008 - 17:56 - 17:56
    Reply

    Olha pessoal. Me senti na obrigaçao de espirita cristao de relatar uma frase que Chico Xavier nos deixou : ” O Brasil será, aquilo que os HOMENS DE BEM puderem fazer por ele”. Ele estava falando de todos nós, incluindo os homens do setor público, que serão muito cobrados pelo MUITO que foi dado, para fazer ao POVO.

    Estou com um grande amigo aí em TUCUMÃ, ajudando a contra-gosto numa campanha política perigosa, pois no passado teve até que ficar escondido, por ameaças de morte.

    Fico pensando naquela frase de Jesus : ” Raça venenosa …. Até quando estarei diante de vós ? ” Obviamente, o mestre nazareno estava se referindo a maldade de cada um de nós.

    Confiemos e construamos dias melhores… Saudaçoes Fraternais.

  3. Anonymous

    9 de julho de 2008 - 02:10 - 2:10
    Reply

    Hiroshi, aqui em Bom Jesus do Tocantins temos um caso parecido o PSC juntamente com a prefeita Luciene Rezende (PSDB, PTB e PV esses partidos estã nas mãos de seus familiares)estão apoiando o candidato EDMUNDO RIBEIRO (o Mundinho)que durante sua administração 92-96 deixou o funcionalismo sem receber por seis meses e até hoje não receberam seus salarios de direito e que nas eleições de 2000 e 2006 foi ferenho opositor da atual gestora que inclusive pediu proteção policial por causa das ameaças de Mundinho que responde a mais de duas duzias de processos em todas as esferas do judiciário; E hoje estão caminhando juntos para a desgraça da sociedade bonjuense. Bom pode ser que ela esteja recebendo alguma ajuda de Mundinho, pois já está com dois meses de atraso do funcionalismo, que sabe ela não esteja querendo imitar seu novo apadrinhado político e queira deixar os funcionários com os seis meses sem receber. Não posso esquecer que nossa gestora está aprendendo tão rápido essas lições que já esta fazendo parte da lista suja do TCE.

  4. Anonymous

    8 de julho de 2008 - 21:54 - 21:54
    Reply

    Agradeço ao amigo pela força na divulgação dos fatos de grande relevancia para a comunidade pacifica e ordeira de Tucumã. Paulo Francis.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *