Hiroshi Bogéa On line

Conta Elka, conta!

Vereadora Elka Queiroz (PTB), lutando para não receber um gancho da Câmara Municipal de Marabá, começou a fazer terrorismo psicológico.

Está ameaçando contar tudo o que sabe sobre alugueis de carros de vereadores à prefeitura, uso indevido dos veículos alocados e um rosário de denúncias sobre catrapinagens de alguns de seus pares.

Pronto!

Seria excelente oportunidade para a vereadora recompor-se parcialmente com a população do município que a elegeu, se ela praticasse esse serviço de higienização moral.

Dar nomes aos bois, no mínimo, reduziria os pecados adâmicos cometidos pela parlamentar no exercício do mandato.

Por tabela, mostraria também se parte da atual Câmara de Marabá quer mesmo punir quem usa a função legislativa como fonte inspiradora de malefícios gerais.

Conta, Elka. Conta, querida!

Conta! Conta! Conta! Conta! Conta!

Post de 

11 Comentários

  1. Anonymous

    9 de fevereiro de 2011 - 21:49 - 21:49
    Reply

    "O BACANA"

    Em quanto milhares de trabalhadores de marabá estão à mercê de sol é chuva,para pegar o pior e mais caro transporte coletivo do pais, o bacana da"elka" passeava pelo o brasil a fora ao chegar em são paulo na via
    anhanguera virou cavalo do cão e levou sete multas por alta velocidade,a conta pode ter certeza somos nós que vamos pagar à não ser que o novo presidente da câmara (nagibinho)que mostrou mudança no parlamento resgate à moralidade cobrando à conta da "elka".

  2. Anonymous

    9 de fevereiro de 2011 - 21:15 - 21:15
    Reply

    Se um pobre mortal rouba uma galinha é preso é taxado como ladrão. Uma vereadora que tira um carro oficial do município para outro estado sem autorização(é roubo),merece responder
    da mesma forma que o pobre ladrão de
    galinha na cadeia.

    "À LEI E PARA TODOS SEU DOUTOR"

  3. José Coruja da Silva

    6 de fevereiro de 2011 - 20:58 - 20:58
    Reply

    Peraí, tá virando bagunça: vereadora Elka, aceite a punição, pela sua imprudência,ou cale-se para sempre!
    Esse negócio de ameaçar abrir a boca para intimidar os demais tem um nome: maucaratismo!

  4. Anonymous

    6 de fevereiro de 2011 - 18:20 - 18:20
    Reply

    ELKA NON TE CALLAS, HABLA, HABLAAAA!!!!

  5. Anonymous

    6 de fevereiro de 2011 - 16:06 - 16:06
    Reply

    Caros/as munícipes, acompanhei muito da história de corrupção que se desenrolou no município de Dourados-MS e a cito como exemplo, do ponto de vista, da FORÇA DA POPULAÇÃO e de um CIDADÃO que teve a coragem de não compactuar com esquema de corrupção…fato que deflagrou a denúncia que moralizou aquela administração municipal…todavia a população se mobilizou e não permitiu mais que nenhuma sessão fosse realizada pelos/as vereadores/as da câmara local, tal mobilização envolveu desde os mais humildes até os empresários da cidade…por isso só depende de nós, para impedirmos a vergonha que se abateu em nossa cidade próspera e agora abandonada…com a conivência descarada daqueles a quem confiamos nossos votos – os/as vereadores/as. SÓ DEPENDE DE NÓS!!!

  6. Anonymous

    5 de fevereiro de 2011 - 22:41 - 22:41
    Reply

    Conta agora, Elka, pq como vc é evangélica e acredita q um dia estará diante do tribunal de Cristo, será muito feio ouvir do próprio Jesus naquele dia: minha filha, eu confiei q vc seria uma serva fiel a mim, mas não foi. Vc foi fiel aos seus comparsas. então, filha o q te aguarda é o fogo eterno.

  7. Anonymous

    5 de fevereiro de 2011 - 21:31 - 21:31
    Reply

    Elka, conta, por favor minha querida vereadora.
    Não seria o Antonio da Ótica que tem na Sema um caminhão baú e dois outros na Sevop?
    Ou seria o Ronaldo Yara, com duas caminhonetes ? Cacçamba e pás caregadeiras ?
    Acho que é o Ronald da 33, com máquinhas, caminhões pipas e outros pinduricalhos ? Não seria, minha Santinha Elka, as "Railux" da Semed ?Assim, até eu. Compro uma "Railux", como o Disney a Rosicley e alugo pra Semed que me paga o financiamento. Mole, né?
    Cadê a Vanda Américo a grande bocona da Câmara. Tá caladinha ou tá no esquema? Conta Elkinha, tire almas do purgatório com este teu sacrifício pela moralidade.

  8. Dyva Santana

    5 de fevereiro de 2011 - 20:36 - 20:36
    Reply

    Acredito na minha vereadora sei que isso nao passa de uma grande perseguição política .Pois muitos ainda nao engoliu o fato dela ter sido a mais votada dentre as outras vereadoras. por isso estao tentando a todo custo denegri a imagem da mesma perante seus eleitores.força Elka ´´ DEUS E MAIS´´…..

  9. Dyva Santana

    5 de fevereiro de 2011 - 20:18 - 20:18
    Reply

    Deus queira que ela conta tudo que sabe ,pois tem coisas mais importantes para serem apurada do que uma simples infraçoes de transito cometida por um irresponsavel sem o consentimento da mesma .CONTE.CONTE Elka ,Tudo que sabe e o resto que se dane.chega de perseguiçao, muda o disco.——-

  10. EDVANDA DAMASCENA

    5 de fevereiro de 2011 - 19:41 - 19:41
    Reply

    DEUS queira que ela abra a boca pois existe coisas bem mais importantes a serem investigadas do que uma simples infraçaes de transito cometida por um irresponsavel sem a permissao da mesma .chega de perseguiçao.Muda o disco .conte ELKA tudo que sabe e o que resto se dane.

  11. Anonymous

    5 de fevereiro de 2011 - 13:14 - 13:14
    Reply

    Ela não vai contar nada e não lhe acontecerá nada mais do que já lhe aconteceu, agora é com o eleitor, ou então não se trata de uma cidade do nosso querido Pará.

    São operações grosseiras, corrupção da forma mais descuidada que se pode imaginar, basta ministério Público atuar. O TCM-PA, esqueçamos, esse é conivente com tudo.
    A Polícia Civil não tem autonomia nem estrutura para investigar esses tipos de crimes.

    Agora, fraude a licitação é crime que pode ensejar a atuação da PF, quem sabe, né? É a esperança.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *