Conta antiga

Publicado em 6 de julho de 2008

O empresário Demétrius Ribeiro decidiu jogar pesado no enfrentamento à direção estadual do PSDB, estacando no berro a ação de intervenção que se articulava, desde a tarde de quinta-feira, 03, quando advogados tucanos desembarcaram em Marabá dispostos a tornar sem efeito a convenção do partido que aprovou coligação com o PMDB.

Às pressas, Demétrius Ribeiro viajou para Belém – conforme antecipou a coluna do pôster de sexta-feira, 4, do Diário do Pará -, e teve uma conversa dura com o senador Flexa Ribeiro.

Agora à tarde, uma fonte tucana garantiu ter sido dos mais constrangedores o tête-à-tête do empresário marabaense com o congressista paraense. Em determinado momento da pauleira, segundo a fonte, Demétrius teria ameaçado convocar a imprensa para contar sobre o empréstimo em dinheiro feito a Flexa Ribeiro, durante a última campanha eleitoral, e que até agora não teria sido pago.

De acordo com o colaborador do blog, o recuo de Flexa Ribeiro, além de consagrar a investida de Demétrius de enfrentar a cúpula estadual do PSDB, representa também uma desmoralização dos deputados Wandenkolk Gonçalves e Suleima Pegado, que vinham defendendo publicamente apoio à candidatura de Maurino Magalhães (PR).