Hiroshi Bogéa On line

Consagrado programa “Conexão Rural” será exibido em Marabá

O Conexão Rural, veiculado todo domingo pela manhã há mais de seis anos em Parauapebas e região Sudeste do Estado, será exibido também em Marabá.

A partir de  6 de maio, às 11 horas, o jornalista Lima Rodrigues (foto) mostrará suas atrações dominicais na RedeTV local.

Sucesso nas cidades onde é exibido, Conexão Rural já é uma marca registrada, tendo, inclusive, sido o único  programa do Pará incluído no Road-Show para jornalistas especializados em agronegócio.

Lima Rodrigues visitou empresas e projetos que estão revolucionando o setor produtivo, ao meio de outros profissionais do setor dos estados do Pará, Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Paraná, Minas Gerais e São Paulo.

Lima, em conversa com o blogueiro, falou de seu novo desafio de estender  a influência do programa para o município de Marabá.

“Uma cidade da importância de Marabá, polo regional dos mais bem estruturados, certamente exigirá de nossa produção o que há de melhor na exibição de pautas qualificadas. Mas não temos dúvida de que o perfil de nosso programa agradará o público marabaense, já que reunimos informações do agronegócio, dos pequenos produtores rurais e até música e poesia fazem parte da pauta dominical”.

Lima Rodrigues, além de apresentador, está vivendo agradável  experiência com a repercussão de seu livro infantil “Pituco, o defensor dos rios e das florestas”, recentemente citado no caderno de Cultura do jornal Correio Brasiliense.

“Mesmo sendo um livro infantil, a obra pode e deve ser lida por pessoas de todas as idades, por se tratar de uma questão bem atual: a preservação do meio ambiente”, disse Lima Rodrigues.

Com ilustração do artista plástico Alberto Campelo, o livro conta a história de um garoto de 12 anos que percorre os rios do Pará para convencer moradores ribeirinhos, caçadores, pescadores, garimpeiros, madeireiros e fazendeiros sobre a importância da preservação do meio ambiente.

“Com garra e determinação, o garoto atinge seu objetivo. Mas a curta história tem um final surpreendente”, narra Rodrigues.

 

Lima Rodrigues, 58, nasceu em Marabá, foi criado até a adolescência em Imperatriz, onde ingressou no jornalismo em 1977 no jornal O PROGRESSO, mas ainda jovem foi morar em Brasília, onde formou-se em Comunicação Social (Jornalismo) no CEUB em 1984.

Trabalhou como redator e repórter das principais emissoras de rádio do país, incluindo a Rádio Nacional (BSB), Rádio Eldorado (SP) e Rádio Bandeirantes (SP), fazendo cobertura no Palácio do Planalto e no Congresso Nacional.

Desde garoto, Lima Rodrigues gosta de ler e escrever poesia e a partir dos 20 anos se encantou pela rima, tendo como mestre o poeta cearense Patativa do Assaré, que é seu patrono na Academia Parauapebense de Letras, onde ocupa a cadeira nº 4 e é o atual presidente da entidade.

Lima Rodrigues já escreveu vários perfis de personalidades em literatura de cordel, está preparando um livro só de poesias e agora lança seu primeiro livro infantil.

Desde o final da década de 1970 que o jornalista escreve para o jornal O PROGRESSO, de Imperatriz, onde, atualmente, assina uma coluna semanal, abordando os mais diversos temas, além de apresentar o programa Conexão Rural – a voz do campo na TV.

Post de 

1 Comentário

  1. Maria

    24 de abril de 2018 - 21:30 - 21:30
    Reply

    Desejo sucesso o lima é muito dedicado a suas pautas.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *