Hiroshi Bogéa On line

Confirmado: Tião Miranda renuncia

A Câmara Municipal acaba de receber a carta-renúncia do prefeito diplomado de Marabá, Tião Miranda, 48 horas antes de ser empossado – conforme o blog divulgou ontem em primeira mão.

O vice-prefeito empossado Toni Cunha é quem receberá, no domingo, o termo de posse do cargo, dá justiça eleitoral.

Abaixo, carta-renúncia de Miranda:

renuncia-tiao

 

Post de 

15 Comentários

  1. Marabaense Cético

    3 de janeiro de 2017 - 09:35 - 9:35
    Reply

    O que aconteceu? O blog ta de férias em plena virada de ano cheia de fatos locais, nacionais e mundiais. Feliz 2017!

  2. João Dias

    2 de janeiro de 2017 - 09:19 - 9:19
    Reply

    “O LEÃO DESCEU A MONTANHA”

    “Foram muitos apelos, muita corrente positiva e muita oração que me ajudaram a voltar atrás em minha decisão”, disse ele.

    Tião ainda declarou que a motivação veio também de lembrar do exemplo da cidade de Paragominas que, em 20 anos, cresceu em todos os sentidos.

    “Marabá não pode ficar atrás e eu não vou desistir agora, estou até mais motivado para continuar”, declarou.
    (Notícias do Pará – Segunda-Feira, 02/01/2017)

    Eu acrescento:

    O gesto de Tião vem ao encontro da sociedade marabaense que o elegeu, juntamente com seu vice. Homens idôneos que, certamente pela experiência de seus mandatos ou cargos públicos, farão de Marabá uma cidade próspera e desenvolvida economicamente pelo potencial que detém.

    Por outro lado e pelas mesmas razões, fico orgulhoso de ver Tião, com a coragem de um “Leão” (ainda que sem a marca indelével da JUBA), por sua coragem, valor e conquista.

    Deixando de lado a metáfora, conheço o “BAIA” desde os tempos de menino. Nesse sentido, vale apena lembrar uma passagem bíblica para ilustrar o verdadeiro e querido amigo Tião Miranda:

    “Eis que o Leão da tribo de Judá, a Raiz de Davi, venceu… vi, e ouvi uma voz de muitos… cujo número era de milhões de milhões e milhares de milhares, proclamando… digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riqueza, e força, e honra e glória, e louvor.” Apocalipse 5:5, 11 e 12.

    João Dias é tão marabaense quanto Tião, porém, me imagino, assemelhado a um Cordeiro.

  3. Cari

    1 de janeiro de 2017 - 20:53 - 20:53
    Reply

    O comentarista à cima , destaca como qualidade do Toni Cunha , o fato de ser neto do seu Cunha , honrado pioneiro marabaense no ramo de alfaiataria e depois comércio de castanha , mas a herança mais forte do Toni Cunha e que ele esqueceu de citar ; é do pai Carlinhos que foi comerciante do ramo de supermercados em Marabá e hoje lidera uma seita religiosa.

    • Evaldinho

      4 de janeiro de 2017 - 21:17 - 21:17
      Reply

      Verdade meu amigo, gigantesca falha minha, tio Carlos Sá, um grande homem, um baiano que escolheu o Pará Mais especificamebte sua marabá como sua terra natal. …. onde muito contribuiu para o crescimento de nossa cidade. E hoje um grande
      Líder religioso, honrado e sempre em todos os momentos, a serviço do bem. Uma pessoa que vc senta
      Horas conversando com ele, e vai embora que uma outra visão do mundo e com o espírito leve

    • Evaldinho

      4 de janeiro de 2017 - 21:24 - 21:24
      Reply

      Só mais uma obs amigo, toni tem várias outras qualidade além de ser neto do mestre cunha, é de um caráter e inteligência ímpar, com menos de dois anos de formado, fez concurso pra juiz e passou, infelizmente não pode assumiu pelo tempo de
      Advocacia, depois fez
      Concurso pra PF e como um dos melhores colocados pode escolher onde atuar…. escolheu marabá…. sem contar que desde sempre foi
      Um estudioso tbm da política e gestão pública, na minha opinião, Tião tem um dos, melhores Vice se não o melhor vice que marabá já teve…. tenho certeza que é questão de tempo, as coisas vão voltar aos eixos em marabá.

  4. Paulo Sérgio

    30 de dezembro de 2016 - 20:29 - 20:29
    Reply

    Acho que ele foi sensato, sábio e acima de tudo corajoso!! Só Deus sabe porque tomou essa decisão, o tempo dirá o motivo. Parabéns Tiao, Deus te abençoe!!!

  5. Djalma Guerra

    30 de dezembro de 2016 - 17:27 - 17:27
    Reply

    Decisão sensata do Tião pois assumir uma prefeitura na atual conjuntura do País é coisa para louco.

  6. Erivan Leite

    30 de dezembro de 2016 - 16:48 - 16:48
    Reply

    Para mim não é nenhuma novidade, mais uma vez este político que vem mais uma vez enganar o povo Marabaense.
    Porque ele também não renuncia ao mandato de Deputado Estadual?

  7. Evaldinho

    30 de dezembro de 2016 - 15:24 - 15:24
    Reply

    Momento conturbado este não ??? Complicado inclusive de ser julgado…. porém o Delegado Toni Cunha Sá apesar do muito jovem é de um inteligência fora do comum e tenho certeza que se cercará de pessoas capacitadas e em pouco tempo mudará pra melhor o devastado estado que se encontra marabá. À aqueles que o julguem inexperiente, se experiência valesse de alguma coisa, basta olha nossos dois últimos prefeitos. Toni é neto e da escola do saudoso mestre cunha, honrado, inteligente e capacitado…. em pouco tempo essa desconfiança vai mudar.

  8. jr

    30 de dezembro de 2016 - 15:03 - 15:03
    Reply

    novas eleiçoes JÁ!!!!!!!!!!!!!!

  9. jr

    30 de dezembro de 2016 - 15:01 - 15:01
    Reply

    Tem que haver nova eleiçâo!!! o povo tem que protestar, ou temos que experimentar um novo de novo?

  10. Mario Cavalinho

    30 de dezembro de 2016 - 14:43 - 14:43
    Reply

    E podem ter certeza que quem ta por traz disso tudo se chama Ítalo Ipojucan, pois nunca foi nada na politica, “pois como vice do Tião ninguem nem sabia quem era ele”, e com a eleição de outro candidato ele poderia perder os alugueis de carros entre outras mamatas,
    Agora se o Delegado com sua postura e o cago que exercia deixar ser comandado pelo sogro, ai eu quero ver

  11. EDIVALDO VIANA

    30 de dezembro de 2016 - 14:25 - 14:25
    Reply

    pra ir votar contra o funcionalismo publico estadual seu Tião tá Paidegua,mas,pra tirar Marabá do buraco neca de pitibiriba.

  12. Victor Santos

    30 de dezembro de 2016 - 13:42 - 13:42
    Reply

    Confirmado o estelionato eleitoral. Tião e sua equipe superhipermega vaidosa já sabia que não tinha condições de assumir uma prefeitura do jeito que ela se encontra.
    Mentiram pra população desde o começo da campanha. Tudo muito bem arquitetado!
    Coitado de nós de vivemos em Marabá.

  13. Mario Cavalinho

    30 de dezembro de 2016 - 12:57 - 12:57
    Reply

    acho isso muito suspeito, pois era sabido de todos que o Tião nao queria ser candidato e por pressão ou acerto foi candidato e ganhou e agora faltando um dia para assumir renuncia em favor do seu vice, e e mais suspeito ainda porque a saúde dele so sera testada se for no cargo de Prefeito e de Deputado não exige nada da saúde dele, pra min considero um estelionato eleitoral

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *