Comunidade Gavião quer Zeca prestando contas

Publicado em 29 de fevereiro de 2012

 

 

Zeca Gavião, presidente da Associação Indígena Gavião Kyikateje (pronuncia-se Krikategê), está sob alça de duas miras.

Numa ponta, o  Ministério Público Federal investiga denúncias formalizadas por membros da comunidade Gavião de desvio de recursos.

Na outra, a própria comunidade exige a saída dele da presidência da associação, entidade que recebe recursos públicos e detém considerável quantia em caixa, originária de ONGs, alegando que a diretoria não presta conta de seus atos.

Em recente disputa interna pelo controle da Associação Indígena Kyikateje, o índio Kutapa, líder do movimento de oposição a Zeca,  obteve 84 votos da comunidade Gavião, enquanto o atual presidente somou 27 votos.

O resultado da eleição não foi homologado pela Funai, que alegou questões de respeito a tradição daquela comunidade já que Zeca Gavião conta com apoio irrestrito do Cacique  Kykiré, cuja autoridade não pode ser arranhada  -, não obstante Zeca sofrer rejeição da maioria dos índios.

Zeca Gavião ocupa também a função de treinador do time de futebol Gavião Kyikategê, que disputa a segunda divisão do Campeonato Paraense.

Kutapa e seus liderados (foto abaixo)  prometeram  trazer ao blog  relato das irregularidades praticadas pela atual diretoria da Associação Indígena Gavião Kyikateje.