Hiroshi Bogéa On line

Comprando votos

A TV Record de Imperatriz (MA) veiculou matéria no jornalismo local esclarecendo que a morte de alunos da UEPA, em acidente de carro no município de Dom Eliseu, foi conseqüência de uma ação de compra de votos, com a anuência da Regional da Sespa de São Miguel do Guamá.

Trocando em miúdos, os universitários tentavam ajudar candidatura majoritária de Dom Eliseu através do fornecimento de medicamentos em domicílios, sendo flagrados pela Polícia Militar numa batida realizada na casa de uma família beneficiada. Na operação, remédios e um veículo da Sespa teriam sido apreendidos.

A camionete transportando remédios era dirigida por estudante da Uepa, que faleceu ao acidente.

O clima é tenso em Dom Eliseu. Na quinta-feira passada, um rapaz recebeu dois tiros quando participava de um comício.

A matéria acusa juiz e promotor do município de serem coniventes com a instabilidade.

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    29 de setembro de 2008 - 18:42 - 18:42
    Reply

    Aqui em Marabá, esta prática de comprar votos é tão antiga quanto a idade do município. Basta olhar nas ruas a quantidade de pessoas empunhando bandeiras de candidatos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *