Companheiros hostis

Publicado em 30 de outubro de 2007

Em função da instabilidade na diretoria mais importante da Sema (Planejamento Ambiental), entre outras questões de caráter administrativo, é que se acumulam no ímã da burocracia os processos de licenciamento de importantes projetos de atividades produtivas do Estado. Para dizer não à morosidade do órgão, a Fetraf (Federação dos Trabalhadores na Agricultura familiar) decidiu parar o Sul do Estado, conforme registra a coluna do Diário.
Na tarde de ontem, o pôster conversou demoradamente com o diretor de Políticas de Meio Ambiente da Fetraf, no Pará, Antonio Lopes Neto, recolhendo a impressão de que o bom relacionamento da entidade com o governo tem o seu marco regulatório. “É inadmissível uma secretaria de Estado emperrar a vida de tanta gente como vem ocorrendo”, disse Antonio.
As estradas a serem bloqueadas pela Fetraf não foram reveladas. Nem a data do movimento que tem tudo para transformar-se na primeira grande manifestação de protesto de trabalhadores rurais contra o governo do PT.