Como destroços de guerra

Publicado em 6 de maio de 2009

Provavelmente, havia mais de 30 anos a malha rodoviária do Estado não era atingida com tanta intensidade como está sendo neste inverno. As prioridades de Ana Júlia, a partir de junho, certamente, será alocar recursos para construir novas pontes, aprumar bueiros e pavimentar o que foi destruído.

É grana demais para dar susto até em sheik parrudo.