Hiroshi Bogéa On line

“Comitê Décio Nunes” nega ameaças ao blog

 

 

Email  enviado  por um autodenominado “Comitê Décio Nunes” que leva a suposta assinatura de  “amigos, parentes e empregados de Décio José Barroso Nunes” esclarece ao blog que o “documento tem como objetivo deixar claro que o senhor Décio José Barroso Nunes não ameaçou, ameaça, constrange ou acua qualquer pessoa que noticie fatos relacionados à sua pessoa”.

Esclarece ainda fazer necessária a  afirmação diante da  “sua irresponsabilidade” (no caso, do pôster) em  tentar caracterizar as denuncias do blog como se as ameaças “feitas ao senhor supostamente partiram do próprio Décio Nunes ou de pessoas ligadas a ele”.

Segundo o e-mail enviado, além de causar estranheza,  “sua reação enquanto homem ameaçado, restringir  tais denúncias a dois simples posts,  é se deixar fazer parte do circo montado e usado por movimentos que se dizem “sociais” desde que o sindicalista José Dutra da Costa, o Dezinho, foi assassinado em 2000. Até hoje, nada foi provado contra Décio Nunes. E isso provoca tanto incômodo nos interessados em suas propriedades que até mesmo pessoas como o senhor, probo e competente jornalista, acabam sendo usadas por esses movimentos”.

Email faz referencias a  Décio Nunes como empresário, “homem injustamente acusado”, e que também é um pai de família, “trabalha muito para educar e garantir a sobrevivência de filhos, esposa e muitos empregados” -, e que por isso merece respeito.

Documento lembra ainda que  os advogados de Décio Nunes nunca negaram qualquer dívida trabalhista. “O que há, no entanto, são ações pendentes na justiça que pedem a reconsideração dos valores cobrados pela Justiça do Trabalho. Isso, por sua vez, impede o trâmite da execução trabalhista nos moldes em que aconteceu. Para os advogados de Décio Nunes houve abuso de autoridade do Juiz Jônatas Andrade, motivo pelo qual serão impetrados novos recursos em juízo”.

Finaliza dizendo que  aguardam a apuração das ameaças e  seus autores punidos na forma da Lei, aconselhando o poster a não fazer parte “deste grande circo onde os holofotes do oportunismo utilizam como podem os espaços oferecidos para denegrir e ferir quem busca Justiça ao invés de lutar contra ela”.

—————–

 

Notas do Blog:

O poster não afirmou serem de responsabilidade do empresário Décio Nunes, as ameaças  enviadas à caixa de comentários do post  Execução trabalhista remove 18 veículos e 892 cabeças de gado de “Delsão”. Considerou, isto sim, coincidência demais os cinco recados  malcriados terem sido postados na caixa de comentários exatamente da nota que relatava a execução da penhora e remoção dos bens.

Como se tornou trivial desafetos do blogger acessarem a caixa de comentários para o exercício de bravatarias e até mesmo ameaças veladas, entendemos não transformar em cavalo de batalha as advertências anônimas, apenas registrando-as, como sempre o fizemos em situações idênticas – além de providências tomadas junto às autoridades.

Registre-se também que a divulgação da operação de remoção dos bens de Décio não foi exclusividade do blog, havendo  o fato oficializado no próprio site da Justiça do Trabalho através do Processo  Trabalhista  nº 0001053-26.2011-5-08-0117), que também encontra-se no bojo da nota motivadora das ameaças.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *