Comissão opina pela investigação de Elka

Publicado em 1 de fevereiro de 2011

A Comissão de Investigação Especial que apura denúncias contra a vereadora Elka Queiroz (PTB) emitiu parecer preliminar opinando pelo procedimento da investigação, reconhecendo quebra de decoro por parte da parlamentar.

A partir do parecer, abre-se a fase de instrução na qual serão ouvidos testemunhas e a própria vereadora Elka, no prazo de mais 30 dias, já requerido.

A presidente da CEI, vereadira Toinha Carvalho (PT) tem se dedicado heroicamente para não permitir que a investigação ganhe contornos de puro corporativismo.

Nas últimas horas, ela quase não consegue encontrar entre os vereadores disponíveis, alguem que se aplicasse interessadamente em substituir a vereadora Irismar Sampaio (PR), que se desligou da comissão for por força do regimento interno.

Com a ida de Nagib Mutran (PMDB) para ocupar interinamente o lugar de Maurino Magalhães (PR), na prefeitura, Irismar assumiu a presidência da Câmara Municipal.

Depois de muita procura, o vereador  Ronaldo da Yara (PTB), do mesmo partido de Elka, predispõe-se a substituir Sampaio.

A íntegra do Parecer Preliminar