Comissão emite Nota Técnica

Publicado em 6 de janeiro de 2011

A propósito de posts publicados no blog cobrando posição da Câmara de Marabá quanto às denúncias feitas contra Elka Queiroz, a vereadora Antonia Carvalho (Toínha) enviou emeio  com “nota técnica” sobre o que os integrantes da Comissão Especial de Inquerito julgam  “necessário, para melhor compreensão, de como está ocorrendo os trabalhos na Comissão Especial de Inquérito formada por esta Câmara de Vereadores, considerando que o princípio da transparência deve ser garantido neste processo“.

Na íntegra:

Nota Técnica


Com relação ao andamento dos trabalhos da Comissão Especial de Inquérito criada pela Portaria n° 01/2010, apresento a seguinte nota técnica:

1. A CEI foi criada pela Portaria n° 01/2010, de 15 de dezembro de 2010, da lavra da então Presidente da Câmara Municipal de Marabá, Vereadora Júlia Maria Ferreira Rosa, para apurar eventual utilização indevida de veículo a serviço do seu gabinete pela Vereadora Ismaelka Queiroz Tavares.

2. A CEI, composta pelos Vereadores Antônia Carvalho de Araújo Albuquerque (Presidente), Irismar Nascimento Araújo Sampaio (Relatora) e Leodato da Conceição Marques (Membro), foi instalada no dia 16/12/2010.

3. O prazo para conclusão dos trabalhos é de 30 (trinta) dias, a contar da instalação da Comissão, podendo ser prorrogado por igual tempo.

4. A Vereadora Ismaelka Queiroz Tavares foi notificada a apresentar defesa prévia no dia 28 de dezembro de 2010, podendo arrolar testemunhas e juntar documentos. O prazo para apresentar defesa é de 10 (dez) dias.

5. A CEI aguarda o término do prazo para a apresentação da defesa prévia, para então se manifestar sobre o prosseguimento da apuração.

Marabá, 05 de janeiro de 2011.

Veredora Antônia Carvalho de Araújo Albuquerque


Presidente da CEI