Hiroshi Bogéa On line

Coluna do Diário

Destaques da coluna do poster no Diário do Pará de hoje:

1- Governo plagia projeto de lei do deputado Asdrúbal Bentes e tema vira assunto nacional;

2- Trabalho de Suely Oliveira começa a aparecer, principalmente junto às áreas carentes dos municípios do Sudeste do Pará;

3- Última reserva de castanheiras do Pará, Fazenda Pontal produz sementes para replantio da espécie;

4- Setenta e cinco presidentes de Unimeds do Brasil estão encantados com Marabá.

5- “Praga de Gafanhotos” consome mais de R$ 5 milhões da folha de pagamento dos servidores de Eldorado do Carajás

6- Bel Mesquita empolgada com a instalação da Comissão Provisório do PMDB Mulher de Conceição do Araguaia

7- Governo do Maranhão inicia recuperação da Estrada do Arroz. Falta o Pará fazer sua parte;

8- A convite do deputado Asdrúbal Bentes, o ministro dos Esportes, Orlando Silva, desembarca dia 3 de abril, em Marabá.

Post de 

4 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    30 de março de 2008 - 18:57 - 18:57
    Reply

    Ronaldo, seria interessante, realmente, voce comentar a desapropriação da famosa fazenda Bamerindus. Sei que voce tem seguras informações a respeito.Mande que levamos à ribalta.
    Abs

  2. Hiroshi Bogéa

    30 de março de 2008 - 18:55 - 18:55
    Reply

    José Farias, não é “história de candidato às vésperas de eleição”, não. O ministro vem a convite do deputado Asdrubal Bentes, anunciar os recursos liberados por ele para a construçào do estádio de Marabá. E o ministro vai fazer questão de deixar isso bem claro, quando estiver na cidade.
    Com todo o respeito ao Edmilson Oliveira, quem conhece os meandros do poder sabe que o ministro não viria aqui simplesmente em atendimento a convite da executiva municipal de seu partido. Existem interesses bem maiores nesse jogo de poder. Orlando Silva deve favores imensos ao Asdrubal desde a época em que o deputado federal presidia a Comissão de Esportes da Câmara, e que atendeu a todos os apelos do Ministério dos Esportes para aprovaçào de uma série de propostas transformados depois em recursos para a sua pasta.
    Os deputados Zé Geraldo e Bernadete Caten, junto a vereadores de Marabá, sentiram o peso da amizade do ministro com o Asdrubal, em recente audiencia da qual eles participaram no gabinete do ME. Orlando Silva fez questão de deixar isso bem claro.
    É isso ai, o resto é conversa pra boi dormir.
    Volte sempre.

  3. Anonymous

    30 de março de 2008 - 18:47 - 18:47
    Reply

    O Edmilson Oliveira, Presidente do PC do B de Marabá me confirmou que o Ministro Orlando Silva, dos Esportes, que é da legenda Comunista, vem a Marabá a Convite dele e de Neuton Miranda. O resto é história de candidato às vésperas de eleição…

    José Farias
    Marabá-PA

  4. Ronaldo Barata

    30 de março de 2008 - 15:51 - 15:51
    Reply

    Caro Bogéa
    A convivência entre boi e árvora, é possível e salutar para os animais e a naturesa.O replantio de castanheiras, como noticias em tua coluna, deveria ser saudada como a mais inteligente forma de possibilitar a recuperação da floresta no sul do Pará. Lembro que quando fui presidente do GETAT, na época da aquisição pela União do Castanhal Araras,viabiliei o plantio de 5.000 mudas de castanheiras, no sentido de recuperar a área e dar aos assentados uma fonte de renda permanente. Anos depois, visitando aquela área, deparei com uma outra realidade; a prevalência do pasto e via de consequência a derrubada das castanheiras.
    Acho que uma campanha elucidativa e inteligente, podeia modificar a postura dos pequenos, medios e grandes proprietários do Sul do Pará, no sentido de estimular o replantio das CASTANHEIRAS.
    Voltarei ao assunto, para comentar a desapropriação da famosa fazenda do Bamerindus, que teve seus castanhais dizimados pelos ocupantes (“SEM TERRAS”) e a autoridades nada fizeram para impedir.
    abraços do Ronaldo BARATA

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *