Hiroshi Bogéa On line

Coluna Diário do Pará

Coluna do poster publicada neste sábado, 17, no Diário do Pará:

______________

Tecnologia de ponta
A partir do momento em que o Denatran liberar o licenciamento das carretas para trafegar com os equipamentos e operá-los na compactação de sucata, a SINOBRÁS disponibilizará aos seus fornecedores cinco prensas-móveis que serão usadas em vários estados do Brasil, além das duas que já operam em diversos estados das regiões norte e nordeste. Sem nenhum custo para os fornecedores, as prensas-móveis operam na compactação da matéria-prima facilitando o deslocamento da sucata de seus locais de origem até a usina.

Sustentabilidade
Um dos insumos mais reciclados do mundo, cerca de 300 mil toneladas/ano de sucata metálica são consumidos pela SINOBRAS na produção de aço, o que representa 70% da matéria prima utilizada. Os outros 30% são de ferro-gusa na forma líquida para a fabricação de 300 mil toneladas/ano de aço laminado. Para estimular o setor de coleta de sucata, a SINOBRAS investiu aproximadamente US$ 5 milhões e 300 mil na compra das cinco prensas-móveis.

Almir retorna ao cenário
Nas reuniões que manterá neste sábado, em Marabá, com dirigentes do DEM do Sudeste do Pará, Valéria Pires Franco deverá passar alguns detalhes da conversa que teve com o ex-governador Almir Gabriel, no meio da semana, quando ouviu dele o anúncio de que pretende mesmo lançar a pré-candidatura ao governo do Estado. Valéria recebeu apelos para que reforce as pretensões de Almir, mas prefere manter-se como espectadora auscultando a opinião de alguns aliados. Para pessoas de seu círculo de confiança, a ex-vice-governadora já revelou considerar a opção Simão Jatene mais competitiva.

Revertendo tendência
O tititi, à boca miúda, durante a realização do Painel Empresarial, em São Luís, promovido pelo Governo do Maranhão, foi o risco do vizinho Estado perder potenciais investidores para o Pará no vácuo da siderúrgica da Vale projetada para ser construída em Marabá. A própria governadora Roseana Sarney, em conversas reservadas, fez apelos a alguns amigos dela empresários no sentido de que não migrem seus investimentos. Entre alguns pesos-pesados, bateram ponto, em São Luís, Flanklin Feder (Alcoa); José Carlos Martins (Vale); Eike Batista (EBX); Antônio Maciel Neto (Suzano); Victorio de Marchi (AmBev); Ricardo Nascimento (Ferroeste), além do diretor de Inclusão Social e Crédito do BNDES, Élvio Lima Gaspar.

Aspones federalizados
Criada bolsa de apostas para saber o nome da pessoa que ocupa o cargo de secretário Extraordinário de Representação da prefeitura de Marabá, em Brasília, até o presente momento misterioso personagem cujo salário é de R$ 6 mil, acobertado por dois assessores especiais que recebem R$ 2.327,00. Para uns, o cargo reforçado por dois DAS é uma necessidade inadiável para o acompanhamento das demandas do município na capital federal. A maioria, no entanto, vê na ação mais um ralo aberto para a queima de recursos públicos.

Estrebucho moreno
O Governo do Estado mostrou o quanto vale o poder da caneta no caso da desapropriação da Gleba Quindangues, escolhida para acolher a futura siderúrgica ALPA. Começaram a ser publicados no Diário Oficial os editais de depósitos prévios de pagamento dos bens desapropriados e suas benfeitorias, totalizando R$ 1.345.000,00 -, os dois primeiros imóveis, cujos expropriados são Vinicius Suriane Santos e Geraldo Teotônio Pereira. A partir de agora, os depósitos prévios serão publicados com freqüência, numa demonstração de que o interesse público deve estar sempre acima de qualquer ambição pessoal. O esperneio natural agora vem do estímulo de espertos advogados que sabem muito bem que Inês já é morta.

Umas & Outras
Ítalo Ipojucan, secretário de Indústria, Comércio, Mineração, Ciência e Tecnologia de Marabá, anuncia visita às instalações da Usiminas, em Ipatinga (MG) de um grupo de empresários marabaenses.
Deputada Bernadete tem Caten (PT) recebeu apelo da população da Palestina para que lute pelo asfaltamento de 7 km da estrada a rodovia Transamazônica à sede do município.

É provável que a partir de 2010, os organizadores do Círio de Nazaré, em Marabá, realizem a Romaria das Crianças, como já ocorre em Belém, há 19 anos.

Sedurb publicou edital para licitar empresa que pavimentará 5 km de ruas de Curionópolis. Abertura do envelopes está marcada para dia 29 de outubro.

Governo do Estado analisa 120 processos formalizados em Marabá para concessão de microcrédito.
Demorou, mas chegou. A ex-prefeita de Novo Repartimento Laurelúcia Pereira Borges foi condenada pelo TCU a devolver aos cofres públicos R$ 166.032,49. Falta de comprovação de aplicação de verba federal.

DMTU anuncia implantação de projeto de vídeo-monitoramento da área urbana de Marabá, com implantação de 50 câmeras de vídeo em pontos estratégicos da cidade. Mais uma iniciativa do diretor Antônio Ferreira de Araújo.

Post de 

5 Comentários

  1. Carlos

    19 de outubro de 2009 - 12:12 - 12:12
    Reply

    Achei a idéia de ter um representante em Brasília interessante, se o valor pago é muito ou pouco isso eu não sei, mas a idéia é muito boa.

  2. Anonymous

    19 de outubro de 2009 - 11:24 - 11:24
    Reply

    Hiroshi, a verdade é a seguinte: O representante da Prefeitura de Marabá em Brasilia é o Davi que tem única e exclusivamente a função de protocolar nos Ministérios os projetos que a PMM manda as empresas do setor elaborarem em cima dos pleitos do dep. Asdrubal Bentes.

    Os dois 'assessores especiais', nada fazem, é gente do Davi para aumentar a renda desse, que mora no Lago Sul e hospeda o Prefeito Maurino quando esse vem a Brasilia
    e aproveitar para passear de barco no lago Paranoá.

    Davi se apresenta como empresário e diz ter muitos interesses em Marabá, inclusive que colocará no próximo ano em uma área cedida pela prefeitura, uma industria de canos e artefatos de PVC.

    Essas informações podem ser checadas facilmente, e eu não devo me identificar por motivos óbvios.

  3. Hiroshi Bogéa

    19 de outubro de 2009 - 01:01 - 1:01
    Reply

    Giorgie, agradeço gentileza de fazer esclarecimento. Na coluna do Diário de terça publicarei a versão da SECOM. Abs

  4. Giorgie Guido

    19 de outubro de 2009 - 00:31 - 0:31
    Reply

    Olá Hiroshi.

    A Prefeitura de Marabá jamais criaria uma secretaria sem uma pessoa capacitada para assumir o cargo e tocar os projetos aos quais ela se propõe.

    Pelo compromisso que tem nas suas ações. E pelo compromisso que tem com o povo de Marabá.

    O secretário extraordiãrio de Representação do Governo de Marabá em Brasília é Marcus David Aguiar. Algumas das tarefas dele são articular reuniões de trabalho e assessorar secretários municipais na intensa apresentação de projetos e busca de recursos em Brasília. Como mostra notícia veiculada no site da prefeitura e que pode ser conferida no link abaixo, do dia 10 de setembro. Marcus David aparece ao lado do prefeito Maurino Magalhães. Junto com o deputado federal Lúcio Vale.

    Na ocasião, o gestor marabaense foi recebido pelo ministro dos Transportes Alfredo Nascimento.

    http://www.maraba.pa.gov.br/prefeito-de-maraba-apresenta-projetos-a-ministro-dos-transportes

    Devo reconhecer que o nome do novo secretário, assim como o contato dele, ainda não consta no site da prefeitura, cuja atualização é de responsabilidade da minha secretaria. O que devemos corrigir o mais breve possível.

    Um cordial abraço,
    Giorgie Guido
    Secom/Marabá

  5. Anonymous

    18 de outubro de 2009 - 00:54 - 0:54
    Reply

    TEM MUITO MAIS ASPONES DO QUE SE PENSA, ESSES AI QUE VOCÊ CITOU É SÓ A PONTA DE UM ENORME ICEBERG. A FARRA É GENERALIZADA. NA SECRETARIA DE OBRAS ENTÃO… DÊ UMA ESPIADELA LÁ…

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *