Código de conduta

Publicado em 6 de abril de 2008

Ontem, na chegada do vôo da TAM vindo de Brasília, as pessoas que estavam no potão de saída de passageiros, ficaram espantadas com a quantidade de seguranças espalhados em locais estratégicos. Dois no alto da escada, quatro na área restrita aos passageiros, e mais quatro misturados entre os passageiros. Coisa de chegada de alta autoridade mundial.
Quando o portão se abriu, saiu cercado de seguranças, o vice governador Odair Correa. Sem cumprimentar ninguém, até porque ninguém o conhecia, Odair foi levado direto para a comitiva de quatro carros pretos de vidros negroa, que estavam parados em fila dupla na porta do aeroporto.
De lá, arrancaram em alta velocidade para local incerto e desconhecido.
Texto acima é comentário de um anônimo postado no Quinta Emenda, descrevendo a chegada do vice-governador Odair Corrêa de uma de suas incontáveis viagens para resolver absolutamente nada.

É a isso que denominamos insustentável indefinição do ser?

Ó, Deus, Santarém e sua gente não merecem isso!

Não, não merecem!