Hiroshi Bogéa On line

Cobertor curto

 

Ao migrar de um posto que havia mais de 30 anos funcionando na rodovia Transamazônica para a BR-155, a Polícia Rodoviária Federal desguarnece um dos eixos mais trafegáveis do Sudeste.
Correto seria dividir as equipes nos dois pontos, para tranqüilidade maior das comunidades regionais.

Fica a promessa feita pelo responsável pela PRF de Marabá de que,  brevemente,  o posto do Km  12 da BR-230 terá sua guarnição.

Post de 

3 Comentários

  1. Valdair Veloso

    8 de maio de 2011 - 19:21 - 19:21
    Reply

    Hiroshi
    Tenho acompanhado pelos jornais, a atuação do PRF no posto da Br 230, alí a PRF tem prendido assaltantes, traficantes,carros roubados enfim atuado com esmero no cumprimento das suas atribuições. No entanto,causa-me surpresa ver que um posto da importância que é aquele, ser desativado, segundo amigos da SEFA é a entrada no estado do Pará, tudo que vem do sul entra ou por São Geraldo ou pelo antigo porto Jarbas Passarinho(hoje tem a ponte), portanto, não é possivel que os responsáveis pela segurança inclusive a PRF, permitam que se abra alí um corredor livre e aberto aos fora da lei, que com certeza irão se aproveitar deste equivoco da PRF, com a palavra os responsáveis.

  2. Anônimo

    6 de maio de 2011 - 03:21 - 3:21
    Reply

    Hiroshi, sem falar que junto com a equipe foi um lixão, ridículo para a PRF, precisava ver a sena!
    Além de abandonar uma unidade, leva o que não se pode chamar de carros e motos.
    KKKKK

  3. George Hamilton Maranhão Alves

    5 de maio de 2011 - 13:12 - 13:12
    Reply

    Concordo contigo, Hiroshi!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *