Hiroshi Bogéa On line

Clic histórico

Durante solenidade de inauguração da Escola de Agronomia da Amazônia, em Belém, no ano de 1957, o presidente Juscelino Kubitschek (esquerda para a direita), engenheiro Bernardo Sayão, comerciante marabaense Plínio Pinheiro, pessoa não identificada, e o garoto Plínio Pinheiro Neto, então com 11 anos de idade.

Velho Plínio Pinheiro, homem de extraordinária visão e exímio articulador político, sempre privou da amizade dos grandes líderes nacionais.

Bernardo Sayão, por exemplo, naquela época construindo a rodovia Belém-Brasília, sempre que ia a Belém, gostava de tomar café da manhã na casa do velho Plínio.
Post de 

2 Comentários

  1. diego pinheiro

    23 de outubro de 2012 - 10:30 - 10:30
    Reply

    Orgulho de ser bisneto do Velho Plinio Pinheiro, e sobrinho do Plinio Pinheiro Neto, homens de garra, decisão, força e razão sempre aliadas com a fé.

  2. Anonymous

    27 de outubro de 2008 - 21:31 - 21:31
    Reply

    Hiroshi, parabens pela publicaçào da foto. O Plínio, sabemos, é uma figura maravilhosa, sensivel e está sempre nos oferecendo bons materiais. O seu blog, aos poucos, tranforma-se, também, num banco de imagens para pesquisa bastante interessante. Parabens, rapaz.
    Jonas Miranda
    Cidade Nova

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *