Clic histórico

Publicado em 25 de outubro de 2008

Durante solenidade de inauguração da Escola de Agronomia da Amazônia, em Belém, no ano de 1957, o presidente Juscelino Kubitschek (esquerda para a direita), engenheiro Bernardo Sayão, comerciante marabaense Plínio Pinheiro, pessoa não identificada, e o garoto Plínio Pinheiro Neto, então com 11 anos de idade.

Velho Plínio Pinheiro, homem de extraordinária visão e exímio articulador político, sempre privou da amizade dos grandes líderes nacionais.

Bernardo Sayão, por exemplo, naquela época construindo a rodovia Belém-Brasília, sempre que ia a Belém, gostava de tomar café da manhã na casa do velho Plínio.