Hiroshi Bogéa On line

Chuvas alagam casas comerciais na Nova Marabá

Dezenas de casas comerciais localizadas nas imediações da Grota Criminosa, igarapé que corta o Núcleo habitacional em toda a sua extensão, até desaguar na foz do rio Itacaiúnas, na Velha Marabá, foram tomadas pelas águas que transbordaram durante a torrencial chuva que se abateu sobre a cidade, depois do almoço.

A cada ano, o problema se agrava, na Nova Marabá, durante o período chuvoso.

O córrego sofre forte interferência humana sobre seu curso, provocando enchentes e inundações, questão esta ligada ao mau uso do espaço urbano.

Um problema que parece não ter uma solução rápida é o elevado índice de poluição, causado tanto pela ausência de consciência por parte da população quanto por sistemas ineficientes de coleta de lixo ou de distribuição de lixeiras pela cidade.

Além do mais, há problemas causados pela poluição gerada por empresas e outros órgãos.

Com isso, ocorre o entupimento dos bueiros que seriam responsáveis por conter parte da água que eleva o nível do igarapé.

Registre-se também o lixo gerado que é levado pelas enxurradas, contribuindo ainda mais para elevar o volume das águas.

Fotos postadas registram o estado no qual ficou a concessionária de motos da Honda, a Revemar, tomada pela enxurrada.

O problema das inundações da Nova Marabá só será contido quando o projeto de macrodrenagem da “Grota Criminosa” for totalmente implantado.

A primeira fase teve parte de sua concepção construída, durante a administração João Salame, sem sua conclusão.

Tão logo a primeira etapa de urbanização do igarapé for concluída, a prefeitura de Marabá estará apta a requerer mais recursos para dar prosseguimento ao projeto.

Post de 

5 Comentários

  1. gilberto

    9 de abril de 2017 - 22:46 - 22:46
    Reply

    Reflexo da ocupação desordenada.Aqui todo mundo invade grota, riacho, cachoeira, rodovia, área verde… derrama toneladas de aterro, constroem o que quiser e como quiser.kkkk

  2. Mesaque

    5 de abril de 2017 - 08:16 - 8:16
    Reply

    Não temos prefeito. So nome de prefeito nas costas. Bom criar vergonha na cara

  3. Claudemir

    4 de abril de 2017 - 20:49 - 20:49
    Reply

    Esses alagamentos na loja revemar vieram a acontecerddepois da construção do colina supermercados.

  4. ALCIMAR MARANHAO

    3 de abril de 2017 - 16:30 - 16:30
    Reply

    Belo trabalho dos engenheiros da prefeitura,será qto levaram, será que tão andando de Mercedes etc…
    e o prefeito, será que o retrato do gov. do Rio !!!
    turma envestigue esses caras…

  5. izaltino de barros

    3 de abril de 2017 - 15:38 - 15:38
    Reply

    E um problema crônico pois esta situação acontece por décadas e nunca se toma uma atitude lógica para se resolver o situação que so vem se complicando ao longo dos anos principalmente pelas invasões nas margens da grota . Será que isto e cômodo para alguém ..

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *