"Chupa-cabra" no Congresso

Nivaldo Krüger (PMDB-PR), ao ocupar por 45 dias cadeira no Senado, teve um total de R$ 10.204,00 de despesas médicas ressarcido pelo Senado – mesmo não se enquadrando no período mínimo exigido por pelo menos 180 dias consecutivos, e tenham participado de sessão deliberativa no plenário ou em comissão.

Nem uma nem outra normal, ele cumpriu.

Veja mais no site www.congressoemfoco.com.br.