Chorando pitangas

Publicado em 18 de agosto de 2007

O número de duas mil pessoas, conforme levantamento da PM paulista, representa com fidelidade a quantidade de brasileiros “cansados” reunidos em praça de São Paulo para gritar “Fora Lula”.
Ao contrário da corrente, o poster nunca se arvorou de santo. Aliás, o próprio tem como cacife o fato de ser sempre a favor de Santo Agostinho que dizia “Dai-me a castidade e a continência, mas não para já”. Não condenar o pecador, condenar o pecado: se muitos preferem rastejar-se na lama, o poster prefere sonhar com as estrelas.
Por causa disto não há pra que ficar preocupado se xaropes, xaropões e xaropinhos desesperados, feitos Narcisa “Ai, Que Loucura” Tamborindeguy, se descabelam reunidos lamentando estarem “cansados”.
Chorai, carpideiras, as pitangas. Chorai!