Hiroshi Bogéa On line

Cheiro de baú

Poster, em baile vespertino carnavalesco, na cidade de Imperatriz, com os filhotes Thiago e Sílvia (braços).

O tempo passa, passa, deixando fortes saudades e lembranças preciosas.

Post de 

1 Comentário

  1. Plínio Pinheiro Neto

    23 de junho de 2010 - 22:14 - 22:14
    Reply

    Caro Hiroshi.

    Já disse o poeta "que viver de lembranças é morrer de saudade".Isso é pura verdade! Quando olhamos para o tempo que passou tão velozmente e recordamos daquelas pequeninas e indefesas crianças buscando o aconchego e a proteção de nossos braços, como se ainda fosse hoje, e os vemos homens e mulheres feitos, já com familia constituida (o Tiago, o Plinio Filho e a Gabriella) e já nos dando ou se preparando para dar netos, na faina divina da perpetuação da espécie humana.Para nós eles nunca crescem, não importando quantos anos venham a ter, enquanto estivermos com o fôlego da vida em nós, eles sempre serão nossas crianças.Parabenizo-te e louvo e glorifico a DEUS pela bela família que te deu e por ver teus filhos encaminhados na vida.Que venham os netos para serem paparicados por ti e pela Sonia.É impressionante o que os netos fazem conosco.Alguém disse que "os avós são os cavalos que os filhos amansaram para que os netos montassem".É pura realidade.Os meus quatro netos mostram-me isso a cada instante.

    Um carinhoso abraço do
    Plinio Pinheiro Neto

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *