Hiroshi Bogéa On line

Chefe do Detran de Redenção acusado de receber propina

 

Pedro Tindô

A denúncia foi protocolada no Ministério Público Estadual.

O chefe de operações e fiscalização do Detran,  em Redenção, Pedro Tindô (foto) , teria recebido R$ 550 para liberar duas motos apreendidas em uma blitz,  por agentes de trânsito.

Documento protocolado  leva as assinaturas dos vereadores Lázaro Marinho, Pedro Lima,  Luciano Duarte e Marconi Bernardes , que sustentam as denúncias anexando documentos.

Post de 

5 Comentários

  1. Clésio Fima

    14 de março de 2013 - 11:32 - 11:32
    Reply

    A cara do cidadão diz tudo…” Quanto mais alto o cargo, maior o rombo

  2. Wanderley Mota

    12 de março de 2013 - 17:55 - 17:55
    Reply

    pega 1 real,pega 1 milhão!!! é a ocasião que faz o ladrão!!!

  3. João Guimarães

    12 de março de 2013 - 14:33 - 14:33
    Reply

    Atualmente o Pedro Tindô está sem mandato…E as vinganças contra quem contrariou interesses por muito tempo, é recorrente, pode não ser o caso! Detalhe: Não tenho procuração!

  4. João Guimarães

    12 de março de 2013 - 14:26 - 14:26
    Reply

    Hiroshi, vc tá fazendo o seu papel, de denunciar, mas pelo contraditório, eu digo: Eu sou marabaense, como vc sabe, mas tive a oportunidade de trabalhar em Redenção e conheço o Pedro, vereador combativo, trabalhador por vários mandatos, e conhecendo, eu sei que é muito difícil que ele colocasse em risco toda uma imagem construída ao longos anos de vida pública. Isso, eu suponho, entendeu? Em sendo provado. Punição nele!

  5. CUTIA

    11 de março de 2013 - 18:01 - 18:01
    Reply

    Pedro Tindô, o primeiro funcionário público que “pega ponta”,inédito,excelente denúncia,caso inédito,furo de reportagem do blog,notícia em 1a mão, parabéns.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *