Checando números

Publicado em 11 de março de 2008

Com a participação de comentaristas bem informados – e a confirmação de gente da secretaria de Finanças do município -, o blog enumera alguns débitos corretos da prefeitura de Parauapebas:

– Clean, terceirizada de limpeza pública, R$ $3.784.277,23 até 29 de fevereiro de 2008;

– Locarauto, do empresário Emílio dos Santos, R$ 2.933,191,00 (locação de veículos);

– Premium Engenharia, de Brasília, R$ 8.424.112,00, até fevereiro de 2008;

– Empresa White, do famoso empresário Branco, próximo a R$ 14 milhões.

Conforme divulgado na coluna do poster no Diário do Pará, a prefeitura de Parauapebas deve mesmo R$ 80 milhões,, incluindo-se empréstimo de R$ 30 milhões contraído em fevereiro, a título de antecipação de receita orçamentária. Pessoas ligadas a empresa confirmaram ao blog que a Premium Engenharia, objetivando gerar recursos, tem caucionado a prefeitura na rede bancária.

————

atualização às 13:21

Valorizar menos a questão do montante de royaltes devidos à prefeitura de Parauapebas pela Vale (diz-se em tornode R$ 175 mil) e questionar o que tem sido feito com a extraordinária arrecadação do município, essa a sugestão de comentário postado minutos atrás.
Diz colaborador do blog:

– A pergunta é: onde foram parar os recursos arrecadados pela Prefeitura (cerca de 30 milhões mensais)?