Chamem o Samur!

Publicado em 16 de novembro de 2009

Em outubro, foram gerados 230.956 empregos no mercado formal do país.
Esta e outras notícias, cada vez mais alvissareiras, deixam os oposicionistas a Lula arrancando cabelos.

escrevendo gatunices nos jornais.

Ainda nesta segunda-feira, 16, em Roma, quando Lula receber mais um prêmio internacional – agora por projetar o Brasil na liderança do combate à fome -, é arriscado algum opositor esticar a corda amarrada ao pescoço, e dar adeus, de vez, ao espetáculo do crescimento, prometido pelo  presidente -, e se emoldurando até agora, não obstante a crise brabona que tentou brecar as transformações do país.

O “analfabeto”, realmente, é o cara.