César Lins sentencia inelegibilidade de Maurino Magalhães

Publicado em 12 de novembro de 2014

 

Juiz César Lins, da 23a Zona Eleitoral, tornou inelegíveis o ex-prefeito Maurino Magalhães, além da ex-deputada Elza Miranda e Edna Lusia de Souza Costa, que concorreram ao cargo de prefeito e vice-prefeito, na eleição municipal de 2012.

Os três candidatos (Bispa Edna de Souza Costa substituiu  Elza Miranda, em plena disputa eleitoral) não prestaram contas.

Maurino, segundo sentença do juiz,  “não declarou reserva financeira, e nem demostrou a origem dos recursos na prestação de contas”.

Estão inelegíveis.