Hiroshi Bogéa On line

Celpa massacra funcionários, e não cumpre leis

 

 

 

Blog recebeu dois comentários distintos de pessoas que conhecem o cotidiano da Celpa.

O primeiro é de Antonio Carlos Pereira:

 

Diariamente, a Celpa está cometendo uma grande injustiça contra “enes ” ex-funcionarios da empresa, dos quais a maioria não é aposentado (a) e dependem única e exclusivamente do dinheiro proveniente dos acordos para sobrevivencia, mandando efetuar o corte de energia de suas residencias por atraso de pagamento de faturas, sendo que grande parte desses tem razoáveis quantias a receber da empresa oriundas de questões trabalhistas que estavam sendo pagas pela empresa e que pelos acordos firmados com a justiça, terminariam agora em 2012.

Os acordos (Plano Bresser e PCCS) foram pisoteados pela empresa sendo suspensos desde Fevereiro/12 até o momento, deixando muitas famílias ao Deus dará. Total desrespeito para com a grande maioria dos ex da empresa – muitos com 16/20/26 até 30 anos de casa – que muito contribuíram para o crescimento da empresa.

Acho justíssima a alegação dos ex atingidos pelos cortes indevidos. Pague a Celpa o que lhes deve e eles honrarão seu compromisso com suas faturas de energia. Eita país de desigualdades tamanhas. Aos grandes devedores da Celpa (milhões e milhões de reais) – há poucos dias divulgado em alguns blogues – o benefício do não-corte, ao consumidor comum, o rigor do corte, no caso, os ex que tem dinheiro a receber da empresa. Cadê nossa justiça ?  

 

 

O segundo comentário, não publicado pela sua extensão, é de Luís Sérgio Anders Cavalcante, cujo conteúdo trazemos à boca do palco:

Diz Luis Sérgio:

 

 

Reproduzo a seguir, na íntegra, Boletim do Sindicato dos Urbanitários/Belém, com seus 4 tópicos de 07/05/12 :

1-) ”PLANO DA CELPA NÃO PREVÊ PAGAMENTO IMEDIATO DO PCCS E BRESSER “. No Plano de Recuperação Judicial da Celpa entregue à Justiça na sexta-feira, 4 de Maio, não consta a continuidade do pagamento do PCCS e nem a retomada imediata do pagamento do Plano Bresser. Ainda na quinta-feira à tarde, ao saber que a Celpa havia alegado falta de fluxo de caixa para retomar o pagamento do Bresser, o Sindicato procurou a empresa para esclarecimentos. Em reunião na sexta-feira pela manhã, a Diretoria da Celpa, numa atitude desrespeitosa, informou que não voltaria a pagar o Plano Bresser e suspenderia o pagamento do PCCS. Para eles os pagamentos agora dependem da aprovação do Plano de Recuperação pela Assembleia dos Credores da Celpa com previsão para acontecer até o final de Agosto. Informaram ainda que, após a aprovação e homologação (que pode acontecer em Setembro) do Plano, se houver injeção de recursos financeiros na empresa, os créditos trabalhistas serão pagos em seis meses, caso não haja esse aporte de capital, a Celpa vai pagar em doze meses, como determina a Lei11.101/05, que regula a Recuperação Judicial. O Sindicato avalia que é cômodo para a empresa agora se apoiar nesta Lei para penalizar os trabalhadores. É uma situação inaceitavel, pois a categoria já foi penalizada até demais por conta da má gestão que levou a Celpa à essa situação de extremo endividamento. Uma nova reunião entre o Sindicato e a Diretoria da Celpa será realizada esta semana para continuar as discussões. O Sindicato luta pela retomada imediata do pagamento do Plano Bresser e pela continuidade do pagamento do PCCS. Para avaliar a situação e decidir sobre um calendario de luta para pressionar a empresa será realizada assembleia nesta quarta-feira, 9 de Maio, antes do expediente, nos portões da empresa, em Belém e Regionais. Todos à Assembleia, vamos nos unir para defender nosso direito de receber os créditos trabalhistas.

 2-) TRABALHADORES DO CALL CENTER NÃO DEVEM TREINAR TERCEIRIZADOS”: Recebemos denuncia de que trabalhadores do Call Center foram ordenados a ministrar treinamentos aos empregados de empresas terceirizadas, contratadas para atuarem no que a Celpa chama de Centro de Relacionamento com o Cliente(antigo CAC). A orientação do Sindicato é para que os empregados da Celpa se recusem a dar esse treinamento. O objetivo final da empresa poide ser terceirizar a mão-de-obra do Centro de Relacionamento. A nossa luta é pela manutenção dos postos e contratação de mão-de-obra própria. Com muita luta conseguimos conquistar na data-base 2011, um Termo de Compromisso mantendo os postos de trabalho tanto no Call Center como nas Lojas de Atendimento. A luta é no dia a dia para manter esse Termo. Não treine os terceirizados. Quem tem que treina-los é a empresa deles.

3-)  PROTELAR O PAGAMENTO É DESRESPEITO À CATEGORIA ” : O Plano de Recuperação da Celpa será submetido à Assembleia dos Credores. Ocorre que esta Assembleia tem previsão para acontecer entre o final de Agosto e inicio de Setembro. Se o Plano for aprovado pelos credores, pode ser homologado em Setembro. Este é mais ou menos o prazo para a empresa dar inicio ao pagamento das dívidas. O Sindicato está convencido de que a empresa tem fluxo de caixa para continuar pagando o PCCS e voltar a pagar o Bresser, pois a Celpa tem um faturamento mensal superior a RS 220 milhões. Fazer a categoria esperar pela aprovação e homologação do Plano é um desrespeito com aqueles a quem chama de “colaboradores”, e com os que estão fora da empresa, mas que ajudaram a construir a Celpa, muitos deles já aposentados. Se não houver negociação para a continuidade do pagamento do PCCS e para a retomada do pagamento do Bresser, serão realizados novos protestos, com paralizações e greve. Continuamos na luta tambem, pela federalização da empresa, por melhores serviços à população, pela normalização do atendimento no Call Center e pela manutenção dos empregos.

4-) CELPA RETIROU SEGURANÇAS DAS LOJAS” : A Direção da Celpa retirou os seguranças das Lojas de Atendimento. Por isso os atendentes voltaram a sofrer violencia em seus locais de trabalho. Em um assalto ocorrido em Santa Izabel, o assaltante correu para o quintal da Loja de Atendimento. A polícia invadiu a Loja para ter acesso ao local onde o assaltante se escondeu. A Atendente, que trabalha sòzinha, ficou em pânico com a situação. Já na Pedreira, como tambem não dispõe de segurança, na sexta-feira(4/5), um cliente só faltou agredir físicamente o Atendente, pedindo uma inspeção. A Direção da empresa vai esperar acontecer um fato mais grave para tomar providencias ?

Post de 

5 Comentários

  1. Durval Pinnheiro

    11 de maio de 2012 - 19:59 - 19:59
    Reply

    Eu quero saber quando é que os caras que enriqueceram as custas do Plano Bresse(Jarbas Vasconcelos, Antonio de Tal, Sindicato(panela) etc e tal) irão fazer alguma coisa, que até agora não fizeram porra nada, afinal que merda de justiça é essa, uma causa que durou quase 17 anos para ser ganha, e agora acontece essa palhaçada. Me sinto tão revoltado que passa na minha mente de cometer uma loucura, que é arrumar “duas automáticas” entrar no escritório da Rede Celpa e detonar todos os diretores e alguns puxa sacos de bosta que têm lá dentro, tomara que não demore muito pois já estou no limite da revolta.

  2. Muhala Fatha

    11 de maio de 2012 - 14:54 - 14:54
    Reply

    Ta faltando os paraenses fazerem uma PRIMAVERA ARABE nesses forasteiros da Celpa… Se fizessem, num instante eles pagariam o que deve. Quem tem “O”tem medo…. Quem vai atirar a primeria pedra?

  3. andre sousa

    9 de maio de 2012 - 23:25 - 23:25
    Reply

    Porque ainda não foi quebrado o sigilo bancário da Celpa e de seus executivos e pedido o bloquio de bens, se isso acontecesse daria para fazer um fime de tanta corrupção. O Sr. Jorge queiroz só trabalhou durante esses anos com o dinheiro do gonverno ( nosso dinheiro ), a Celpa foi a empresa que mais fez empréstimos, teve facilidade por parte do gonverno e banqueiros, não investiu no sistema durante 12 anos e nos últimos 2 anos foi que veio fazer algumas subestações e remandar alguns km de rede. Os índices mostram isso. Foi muito dinheiro desviado pelas empreiteiras, algumas caixa 2, a que levou mais grana foi a Elucid, da eis mulher de Jorge Queiroz. Cadê o ministério público para investigar o destino do nosso dinheiro que mais uma vez saiu do nosso Estado e foi para os paraísos fiscais. É muito triste todo celpeano saber o que tá acontecendo e não poder fazer nada. Não tem cabimento uma empresa quem não tem concorrência com ninguém, cobra uma tarifa absurda e chega nessa situação e o Sr. Jorge Quiroz ainda tem a cara de pau de dizer que não foi a gestão que levou a esse caos, se tivéssemos polícos e leis sérias esse cara de pau tava na cadeia. Hoje ele debocha da justiça do Pará ( daqueles que estão no jogo sujo ) e dos trabalhadores e ninguém faz nada com ele. Seus puchas sacos ainda são promovidos. é muito triste saber que até a mídia está no jogo sujo ( com dívida de aproximadamente 14 milhões ), com isso niguém fala mal dele e jamas ele manda cortar a energia deles, vai um pobre coitado dever para Celpa, no mês seguinte vem o corte, mais os maioramas e os barbalhos não estão nem aí, pois sabem que para eles essa lei de corte de energia não vale. Eu ainda confio que vai surgir alguma autoridade para tomar as providencias e fazer justiça aos trabalhadores e consumidores. Jorge queiroz tem a aldácia de colocar passivos trabalhistas nessa lista do calote, dizendo que não tem fluxo de caixa e logo depois liga para sidicato e tenta negociar pelo menos o passivo do PCCS. Cara de pau esses passvos foram adquiridos com muita luta dos trabalhadores através da justiça do trabalho ( que é séria ), pois esses direitos tinham sidos roubados, inclusive até hoje na Celpa não existe planos de cargos e salários. Se a perda da celpa hoje é alta, é devido a terceirização nas atividades de fiscalização. os diretores colocaram a rapousa ( empreiteiras ) para tomar conta do galinheiro, existe um eis superitendente da celpa que chamava trabalhadores de ladrões, quando ele descobriu o jeito de ficar rico ele nem ligou mais para as perdas da celpa, hoje ele está em uma empreiteira e tá muito rico, então começa por aí a história da administração do famoso grupo rede energia. Deixo uma pergunta. O que o Sr. Flavio Decat veio fazer na Celpa, no período que antecedia a campanha da Dima ( presidente ), logo após a distribuição dos cargos do gonverno ele foi embora? Se alguém investigar com certeza encontrará a resposta. Quando vamos ter um país decente? Quando haverá justiça? Quando a corrupção será extinta? Quando os paraenses deixarão de ser saqueados?

  4. andre sousa

    9 de maio de 2012 - 22:19 - 22:19
    Reply

    Cadê a justica para bloquear os bens desses fraudadores ( diretores e dono da CELPA ), tem muita gente com rabo preso nessa história. Não vai dar em nada mesmo? A última é que o Sr. Jorge Quiroz acabou de vender a Elúcid ( empresa que presta serviços de informática e lava dinheiro ( caixa 2 ) na Celpa. É lógico ele vai tentar logo apagar os rastros dos grandes desvios de dinheiro da Celpa.

  5. Anônimo

    9 de maio de 2012 - 16:15 - 16:15
    Reply

    Tem muitas pessoas que recebem o bresser como pensao alimenticia neste caso como é que fica?cadé a justica?

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *