Hiroshi Bogéa On line

Catapora baixa frequência escolar

 

 

A catapora vem causando baixas na frequência escolar e muitas faltas ao trabalho, devido a um surto do vírus varicela. A doença que tem incomodado muita gente é imunoprevenível, mas não tem vacina na rede pública, somente em clínicas particulares especializadas.

Segundo a enfermeira Maurícia Macedo, coordenadora da Divisão de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), há dois anos o Ministério da Saúde vem se programando para disponibilizar o imunizante da varíola na rede pública de saúde. No entanto, no último encontro da espécie, sequer foi comentado quando isso deverá acontecer. Mas acredita Maurícia que a vacina deverá ser disponibilizada até o ano que vem.

Dois surtos da doença ocorreram no período 2005/2011.

É considerado surto quando em dada região o número de ocorrências supera a escala histórica de um período anterior de 10 anos.

O vírus varicela é altamente infeccioso.

A transmissão é via aérea, em gotículas, a partir de espirros, tosse ou ainda pelo contato com pele infectada. Porém, a catapora é geralmente inofensiva, exceto em doentes com imunodeficiência ou em neonatos, em que pode causar infecções do cérebro ou do pulmão, potencialmente mortais.

De acordo com dados técnicos do Ministério da Saúde, nos adultos a catapora é mais perigosa e, ainda que geralmente de resolução sem problemas, pode ocorrer pneumonia intersticial (em 20% dos casos adultos ou na adolescência). Existem casos em adultos com problemas renais onde a doença pode-se agravar, causando falha renal.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *