Carvão limpo

Publicado em 18 de julho de 2007

Maragusa inaugura neste sábado fazendo o dever de casa. Antes de ativar seu alto forno, assinou contrato com a Cikel Florestal para o fornecimento de carvão com identificaçao prévia de origem. No distrito industrial de Marabá, apenas a usina do grupo Leolar e a siderúrgica Daterra (Revemar) passsarão a ter biomassa legal, coincidentemente, ambas empresas 100% marabaenses.
Conforme antecipado pela minha coluna do Diário do Pará, o manejo da Cikel Florestal tem o aval da Sectam e foi visto de perto por um representante do Greenpeace e pela jornalista Mirian Leitão, que nos ultimos meses tem dedicado atenção ao passivo ambiental provocado pela guseiras paraenses.