Hiroshi Bogéa On line

Cartaz centenário de Nazaré

Amanhã, 08, às 9h, na Casa de Plácido, no Centro Social de Nazaré ao lado da Praça Santuário, acontecerá uma entrevista coletiva sobre a doação do cartaz do Círio de 1909, doado pela Família Norberto à Basílica Santuário de Nazaré, em nome do Reitor do Santuário padre José Ramos das Mercês. Também, padre Ramos vai comentar sobre os 100 anos da Basílica de Nazaré, em Belém do Pará.

Basílica Santuário de Nazaré completa 100 anos e ganha um Cartaz do Círio com a mesma idade. A doação é do jovem advogado Antonio Luciano Pontes dos Santos Junior para a Igreja, em nome do Reitor da Basílica Santuário de Nazaré, padre José Ramos das Mercês. O doador é bisneto dos nordestinos Joaquim Norberto da Silva e Vitalina Maria de Souza, que conseguiram esse cartaz no Círio de 1909 em Belém do Pará, quando iniciaram uma tradição na família.

De 1909 até este ano o cartaz ficou sobre os cuidados da família Norberto, que o guardava tradicionalmente durante quatro gerações. “O Cartaz Centenário foi entregue a mim como um presente de minha mãe no ano de 2007, ela tomou essa decisão pelo fato de que eu sou o único filho paraense”, disse Antonio Luciano.

Ainda, em 2007 quando a mãe de Luciano, Lúcia Norberto de Souza, e alguns familiares chegaram a Belém para passar o Círio de Nazaré se depararam com uma exposição de cartazes do Círio, no aeroporto internacional da capital paraense. Foi então, que a filha de dona Lúcia, Luciana Pontes Braga, observou que faltava na exposição o cartaz do Círio de 1909. Assim, dona Lúcia e sua família conversaram, e Antonio Luciano decidiu doar para a Basílica a relíquia, e sem perceber a decisão foi justamente no ano centenário da Igreja de Nazaré,

Após essa doação, o cartaz, segundo padre Ramos, ficará exposto em uma nova moldura, na Casa de Plácido, centro de acolhida aos romeiros. “Agradeço a Luciano e toda sua família pelo ato de generosidade, e fico feliz pela providência divina”, disse o sacerdote.

Coincidência – Padre Ramos, que já via dona Lúcia em algumas missas na Basílica, relata que sempre a achou uma pessoa séria e de grande amor à Nossa Senhora de Nazaré, e por isso acredita que esse cartaz centenário era mesmo para coincidir nos 100 anos da Basílica. “Poucos dias antes de dona Lúcia me procurar para oferecer o cartaz, eu já tinha dado a extrema unção a duas centenárias, que já morreram de velhice”, contou.

Dona Lúcia diz que esse cartaz vai fortalecer sua família e todos os paraenses. “Dividimos esse patrimônio histórico com todos aqueles que crêem na Rainha da Amazônia. Esperamos que a chama da fé passada de geração a geração se propague cada vez mais para as futuras gerações”, afirmou.

Histórico – O cartaz foi conseguido em 1909 pelos nordestinos Joaquim Norberto e Vitalina Maria, bisávos de Antonio Luciano, que até então moravam em São José de Mipibu, em Rio Grande do Norte.
Seu Joaquim trabalhava com agropecuária e veio à Belém para obter informações sobre negócios com a borracha, matéria prima na época. Assim, estando na Cidade das Mangueiras assistiram ao Círio de Nazaré e conseguiram o cartaz, o qual foi passado para a segunda geração, após a morte de Joaquim e Vitalina.

O cartaz então foi doado para João Norberto de Souza, avô de Antonio Luciano. Passaram-se alguns anos e com a morte de seu João, a relíquia foi para a filha, em 2006, que tinha mais contato com o Pará, Lúcia Norberto, mãe de Luciano. Mas, no ano seguinte dona Lúcia, que tem cinco filhos, decidiu doar em vida o citado quadro para o seu único filho paraense, Luciano, que recebeu uma graça da Virgem de Nazaré quando ainda criança.

Mesmo com toda essa tradição familiar, Luciano abriu mão do cartaz e decidiu doar para a Basílica de Nazaré, e por isso vai receber uma reprodução exata do cartaz e uma missa especial para a família, nesta sexta-feira, 09, às 18h na Basílica de Nazaré.

Fonte: Edenice Pereira – Comunicação $ Studio Basílica Santuário de Nazaré
Post de 

2 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    8 de outubro de 2009 - 00:29 - 0:29
    Reply

    Gostei da ideia. É um desafio, também. Irei abraçar vocês, com carinho, nesse dia. Aguarde!

  2. Anonymous

    7 de outubro de 2009 - 23:30 - 23:30
    Reply

    Hiroshi, tenho uma sugetão de tema: 15 de outubro é dia do professor. Sou professora, e divulgo o teu blog entre meus colegas de trabalho, por achá-lo imparcial e dinâmico. Por isso talvez exista um bom número de docentes te acessando. Assim, queremos ser homenageados por você. Sem lámurias, mostrando o lado bom da profissão.Ah! Existe um lado bom sim! Que tal descobrir o este lado bom, hein?

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *