Hiroshi Bogéa On line

Carajás, Tapajós, Amazônia.

Ronaldo Brasiliense e Afonso Morais contam, direto de Santarém:

1- Em visita a Santarém, a presidente da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Pará, Ângela Sales, posicionou-se a favor da consulta popular, através de plebiscito, para decidir quanto à criação ou não de mais estados no País. Segundo ela, a OAB/Pa está comprometida com a defesa dos anseios da população, e dará todo o apoio aos que tiverem interesse em realizar a consulta no Estado.

2- Enquanto o ministro da Defesa, Nelson Jobim, concentra esforços para resolver a crise aérea, e o governo não define o Plano Estratégico de Defesa Nacional, as fronteiras da Amazônia permanecem escancaradas e têm sido usadas como rota de passagem do narcotráfico, da biopirataria de fauna e flora, do contrabando de armas, ouro e pedras preciosas.

Quer mais, tem aqui.

Post de 

6 Comentários

  1. Val-André Mutran

    2 de setembro de 2007 - 16:07 - 16:07
    Reply

    E estopa encravada!

  2. Hiroshi Bogéa

    31 de agosto de 2007 - 16:41 - 16:41
    Reply

    Prego batido. Ponta virada, Ademir.

  3. Quaradouro

    31 de agosto de 2007 - 14:42 - 14:42
    Reply

    Baixim:
    Me permita os neologismos: TAPAJÁS OU CARAJÓS, somos os novos amazônidas. Uma raça nova, distante do antepassado preso às forças da natureza. Bons de briga e pagando para ver.

  4. Anonymous

    31 de agosto de 2007 - 04:02 - 4:02
    Reply

    Nota Dez para a Dr. Ângela Sales que incentiva a população a se mobilizar pelos os seus direitos, nota cinco para Ministro da Defesa que não incluiu nas preocupações do Ministério a re-ordenação territorial da região como assunto mais urgente e Zero para o Secretário anti-povo.

  5. Anonymous

    30 de agosto de 2007 - 23:14 - 23:14
    Reply

    A presidente da OAB-Pará, com sua manifestação, reforça os princípios da democracia ao defender o direito que todos temos de nos manifestar. Parabéns!
    Mirtes Leite Pinheiro

  6. Juvencio de Arruda

    30 de agosto de 2007 - 20:15 - 20:15
    Reply

    Tá certa a presidente da Ordem, que tem que ser republicana.
    Como o reitor da UFPA.
    Pisa aí, Hiro!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *