Hiroshi Bogéa On line

Cão acuado

O cerco se fecha contra Sebastião Curió. Primeiro foi aceita pelas Câmaras Criminais Reunidas do TJE denuncia contra ele por assassinato de um jovem em Brasília. Agora é o juiz Cláudio Hernandes Silva Lima, da comarca de Curionópolis, quem encaminha à seção judiciária de Marabá da Justiça Federal ação civil pública de improbidade administrativa formulada pelo promotor José Edvaldo Pereira Sales, pedindo o afastamento do prefeito e de outros vinte funcionários da prefeitura. Acusação: malversação de recursos do Fundef no valor de R$ 5.823.000, período de 2001 a 2004. A peça jurídica está embasada em relatório da CGU – Controladoria Geral da União.

Post de 

4 Comentários

  1. Anonymous

    29 de abril de 2007 - 01:51 - 1:51
    Reply

    Parabéns juvencio pela firmeza!

  2. Juvencio de Arruda

    12 de abril de 2007 - 20:26 - 20:26
    Reply

    Fazemos campanha contra um assassino covarde que mata pelas costas. E voce o defende.
    Cada um escolhe o lado que quer ficar, né?

  3. Anonymous

    11 de abril de 2007 - 22:01 - 22:01
    Reply

    Não sei porque jornalistas vivem fazendo campanha na imprensa contra o major curio.tudo que tem aqui na cidade foi ele quem fez, esse Chamon fica falando mal dele mas não tem competencia pra ser nosso prefeito. O povo gosta do curió

  4. Anonymous

    11 de abril de 2007 - 20:07 - 20:07
    Reply

    Hiroshi,
    O assunto a seguir não tem nada a ver com a matéria desta seção de comentários, mas sei que o povo do Pará vai gostar de saber.
    Se já não bastasse os irmãos da Ana Júlia, agora tem o namorado, Mário Teixeira -, nomeado diretor da Casa Civil responsável pelas aeronaves do governo. O prefeito Darci Lermen, de Parauapebas, não gostou nada da interferência do namorado oficial da governadora na indicação do novo chefe da agencia da SEFA de sua cidade. O cidadão indicado chama-se Antonio Oliveira, mais conhecido como Tom. Detalhe: ele não é concursado e está em uma disputa judicial com o estado para não ser demitido. Quer saber os critérios para indicação? O senhor Tom e sua familia são vizinhos de Mário Teixeira no conjunto do BASA, em Belém.
    Central de Informação

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *