Hiroshi Bogéa On line

Canções & serpentinas para abraçar Zico

 

 

Próximo domingo, 3 de março Zico completa 60 anos.

Para comemorar a data, o Flamengo vai realizar no dia anterior, sábado, uma festa para o Galinho.

A comemoração, que anteriormente só seria permitida para sócios do clube, será liberada aos torcedores comuns. A principal atração será a inauguração da estátua do ex-jogador.

O evento terá início às 10h, na sede do clube. Zico deve chegar ao local uma hora depois.

Confira a programação da festa:

Situação 1 – Público Médio

Estátua ficará na Calçada da Fama.
Zico chegará ao Clube, irá até a varanda, onde falará para a torcida. Depois descerá para a calçada da fama onde inaugura a estátua.
Após a inauguração, entra no clube para uma Coletiva de Imprensa.

Situação 2 – Grande Público

Estátua ficará no Campo de Futebol Principal e será  colocada sobre um tablado em frente as “cabines” de rádio.
Os sócios e torcedores poderão ocupar o  campo para ver o discurso do homenageado. Encerrando o evento,  Zico desce e inaugura a estátua. Após a inauguração, entra no clube para uma Coletiva com a imprensa.

No rastro de tantos abraços no maior craque que o mais-querido teve até hoje, o blog deixa um lonk para vocês ouvirem canções criadas para lembrar as jogadas do Galinho, nos gramados do mundo.

Clique aqui.

Post de 

2 Comentários

  1. Luis Sergio Anders Cavalcante

    3 de março de 2013 - 19:16 - 19:16
    Reply

    Hiro, o Galinho realmente foi um “fora de série” e merece as homenagens. Mas, hoje foi dia alvi-negro(Botafogo 2 x 0 Flamengo). Em 03.03.13, Marabá-PA.

  2. anonimo

    1 de março de 2013 - 09:24 - 9:24
    Reply

    O Zico ,que é o maior ídolo da história do maior clube do Brasil,só tem um débito com seus fãs: não foi campeão mundial com a camisa da seleção brasileira, fora à isso ganhou tudo que é possível, ultrapassou as fronteiras clubísticas(que admira futebol, tem que admirar Zico), um verdadeiro e refinado craque,daqueles raros nos dias de hoje. O galo merece todas as homenagens.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *