Hiroshi Bogéa On line

Câncer para todos

O blog e a coluna no Diário do Pará denunciam o problema há bastante tempo.

As fotos foram extraídas do relatório da Vigilância Sanitária comprovando casos de câncer em diversos animais abatidos em locais inapropriados, como abatedouros clandestinos, em pleno funcionamento na cidade por determinação da Justiça.

Na primeira foto (alto esquerda – círculo vermelho), três tipos de câncer, localizados numa peça do traseiro de uma vaca.

Na foto da direita (alto), diversas peças num grande recipiente com brucelose e câncer.

Na foto abaixo, vísceras com câncer, no local em círculo.

O povo de Marabá está sendo obrigado a consumir doenças, diariamente.

Matadouros, sob a guarda de uma liminar concedida pela juíza do município, deitam e rolam da miséria dos pobres.

Ganham dinheiro vendendo porcarias sob proteção judicial.
Post de 

2 Comentários

  1. Roberto C. Limeira de Castro

    17 de abril de 2008 - 18:32 - 18:32
    Reply

    Isso não é um privilégio de Marabá, nem do sul do Pará. Vimos reportagens semelhantes, esta semana, de Natal, Santana-AP e São Paulo. Somente os incentivos de financiamento do Governo para que os empresários construam abatedores com os rigores da legislação ambiental e da Vigilância Sanitária, podem atenuar esse horror que atinge a maioria das cidades brasileiras. A punição sem incentivos apenas desestimula o processo econômico.

  2. Anonymous

    17 de abril de 2008 - 16:31 - 16:31
    Reply

    Meu Nobre,
    Para este tipo de coisa a Justiça funciona, e muito bem, vai um pobre mortal se socorrer do Poder Judiciário, jamais obterá resposta.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *