Hiroshi Bogéa On line

Caminho das pedras

A possibilidade de Miguel Cunha assumir a Delegacia Geral de Polícia Civil é bom para o Sul do Pará. Ele conhece os problemas locais na área de segurança e tem o apoio das principais lideranças políticas e sociedade organizada.
No governo Ana Júlia, de quebra, seria único representante de Marabá no primeiro escalão.

Post de 

11 Comentários

  1. Anonymous

    7 de dezembro de 2007 - 14:25 - 14:25
    Reply

    Parece que possível nomeação do delegado Miguel Cunha já dançou, depois que a imprensa publicou ontem que ele sabia da prisão da menor na cela masculina, em Abaetetuba, e nada teria feito.

  2. Anonymous

    7 de dezembro de 2007 - 10:23 - 10:23
    Reply

    Hiroshi,

    A Polícia Civil do Pará não tem quadros. O melhor nesse momento é uma direção externa.

    Não conheço o Delegado, mas parece-me evidente que a incompetência do órgão requer uma ruptura com o corporativismo que mostra-se mais que excessivo. Além, obviamente, de remuneração, salários compatíveis com a dimensão do problema que se pretende resolver.

  3. Waldyr Silva

    6 de dezembro de 2007 - 02:17 - 2:17
    Reply

    Hiroshi:
    Tenho admiração enorme pela seriedade e competência do delegado Miguel Cunha Filho. Conheci-o no final da década de 70, em Marabá, onde ele morava com os pais na rua 27 de Março, bairro Francisco Coelho (Cabelo Seco) e quando o então acadêmico fazia Direito em Belém. Formou-se, montou escritório de advocacia, fez concurso na Polícia Civil, passou para delegado e no início do ano foi chamado pela governadora Ana Júlia para assumir a Delegacia do Interior.
    Torço pela ascensão do delegado e pela diminuição do índice de criminalidade no estado.
    Waldyr Silva
    Parauapebas

  4. Hiroshi Bogéa

    5 de dezembro de 2007 - 21:48 - 21:48
    Reply

    Caro deputado,
    seus comentários são sempre felizes.
    É isso aí mesmo.

  5. Hiroshi Bogéa

    5 de dezembro de 2007 - 21:47 - 21:47
    Reply

    8:26 AM, concordo contigo.

    Paciência, também diz o blog. Essa tua de que Marabá tem melhor contribuição a dar do que “essa de delegado de polícia”, carrega um preconceito do cacete, meu!
    A área de segurança merece toda a atenção. E se Marabá tiver um representante que contribua para diminuir os índices de violência, gol de todos.

  6. Hiroshi Bogéa

    5 de dezembro de 2007 - 21:41 - 21:41
    Reply

    8:48 PM,você está coberto de razão. Desculpe a ignorância aqui do macaco.
    Abs

  7. João Salame

    5 de dezembro de 2007 - 14:45 - 14:45
    Reply

    Hiroshy

    O Miguel é sério e tem visão sobre a questão da segurança pública. Acho também que seria uma forma da governadora Ana Júlia prestigiar a região, que não tem nenhum representante no primeiro escalão do governo. É fato que a secretaria de Segurança, hierarquicamente, está acima da Delegacia Geral. Mas este cargo é fundamental na execução da política de segurança. É o que lida com o dia-a-dia do combate a violência. Sua indicação tem o meu apoio e meu entusiasmo. Apesar de alertar que o “calo” da segurança pública é maior e mais grave e precisa de medidas globais na qual a indicação de um bom policial para comandar a polícia civil é apenas uma peça do quebra-cabeça.
    Atenciosamente

    João Salame

  8. Anonymous

    5 de dezembro de 2007 - 11:26 - 11:26
    Reply

    Paciência, mas Marabá, e toda essa região, tem melhor contribuição a dar do que essa de delegado de polícia.

  9. Anonymous

    4 de dezembro de 2007 - 23:48 - 23:48
    Reply

    Primeiro escalão é a secretária de segurança….

  10. Anonymous

    4 de dezembro de 2007 - 23:41 - 23:41
    Reply

    é bom lembrar, que o Dr. Miguel Cunha,quem planejou a operação em Redençao. ele prometeu e cumpriu, que iria prender os bandidos, que estavam aterrorizando a Fazenda Forkilha.

  11. Anonymous

    4 de dezembro de 2007 - 21:32 - 21:32
    Reply

    Aqui em Redenção o Miguel Cunha sempre se posionou de forma honesta nas questões de segurança pública.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *