Hiroshi Bogéa On line

Câmara de Pebas nega existência de locações

 

A Câmara Municipal de Parauapebas, através de sua direção Administrativa, desmente a existencia de contrato de locação de veículos, conforme denúncia enviada ao blog por comentarista residente naquele município. Assinada por Wanterlor Bandeira, a nota abaixo explica o imbróglio:

 

 

Não existe nenhum contrato de locação com nenhuma empresa. A Licitação para esse fim foi publicada no Diario Oficial no dia 22 de fevereiro de 2011 nº 31860 e depois foi suspensa por um Mandado de Segurança expedido pelo Poder Judiaciario no dia 14 de março e só foi aberta no dia 13 de abril. As quatro empresas que se apresentaram não atenderem a necesidade do Edital e processo foi fracassado. Novo Pregão foi marcado para o dia 13 de maio. Portando Hiroshi, essa denuncia não procede. (Veja as informações no sitio do IOEPA)

Com relação os servidores, foi realizado concurso publico esse ano para preenchimento de vagas, fato esse amplamente noticiado.

Devido as deficiencia do Estado, muitos servidores são cedido a orgãos do estado. Delegacia, Forum, escolas e outros. Esses servidores prestam serviços regulamente.O fucionamento desses orgãos ficaria prejudicados sem a atuação desses servidores.

Existem na Câmara duas representações, e todas são contra o art. 10 do Edital do concurso que trata da prova de titulos.Existe tambem um pedido de informação do MP sobre o Plano de Cargos e Remuneração, já encaminhado ao MP pela Procuradoria da CMP.

Wanterlor Bandeira
Diretor Adminstrativo da CMP

Post de 

1 Comentário

  1. João Carlos

    9 de maio de 2011 - 19:25 - 19:25
    Reply

    Então quer dizer que a Câmara não tem carros locados, não tem despesas com combustíveis e vai publicar a quantidade e nome dos seus ocupantes de cargos comissionados, são 432 servidores ou são apenas 411. A Câmara vai demonstrar que não tem funcionários fantasmas. Tem representação sim, não tem é ministério Público para defender a legalidade e a cidadania.
    É verdade a Câmara de Parauapebas estar realizando um concurso: o procurador é candidato, advogado do PT é candidato, diretor legislativo é candidato. Sabe o que conta pontos na prova de títulos: experiência profissional. Esse critério beneficia quem mesmo?
    Tudo bem Sr. Wanterlor Bandeira, mas faça o seguinte publique todos os contratos da Câmara, como manda a “Lei Capiberibe”, duvido! Ninguém consegue e ninguém vê esses contratos. Digo e afirmo: a Câmara tem contrato de locação de veículos, preste as contas publicamente, tá lançado o desafio? Aposto que serão publicadas.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *