Caixa forte

Publicado em 10 de fevereiro de 2008

Marabá deverá viver a eleição mais cara de sua história. Aliás, o município sempre teve eleições municipais de gastos elevados. A deste ano baterá recorde.

Pelo menos essa a previsão de político provavelmente candidato a prefeito.

Se o pleito ficar polarizado entre o candidato do prefeito Sebastião Miranda e um representante do Partido os Trabalhadores, os custos ficarão próximos a R$ 13 milhões.

Com mais de três candidatos, passa dos R$ 15 milhões.

Ou seja, candidato liso não sobreviverá 20 dias de campanha.